Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Humberto Costa promete incentivar exportação

Publicidade

Um dos compromissos do Ministério da Saúde para os quatros anos de governo Lula é dimunuir o déficit na balança comercial da área de saúde, que hoje ultrapassa a casa dos US$ 4 bilhões. Incentivar o crescimento da indústria brasileira de produtos hospitalares e reestruturar a política de financiamento foram algumas das promessas feitas pelo Ministro da Saúde, Humberto Costa, hoje na abertura da Hospitalar 2003, que será realizada até sexta-feira no Expo Center Norte, em São Paulo. Entre os órgãos envolvidos no projeto, Costa destaca, além do próprio Ministério da Saúde, o Ministério da Ciência e Tecnologia e o BNDES (Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e social). “Precisamos criar condições para que a iniciativa privada cumpra o seu papel de pesquisar e desenvolver tecnologias que poderão proporcionar ao Brasil se tornar competitivo no mercado internacional”.
Segundo o presidente da Abimo (Associação Brasileira da Indústria Médica e Odontológica),Djalma Rodrigues, também presente no evento, o fatururamento do setor cresceu 57% entre os anos de 99 e 2002 e a expectativa é de ter números positivos nesse ano. Além disso, o déficit da balança comercial entre os associados caiu 18% em relação a 2003, graças aos programas de exportação e ao movimento da indústria brasileira a caminho da certificação e busca pela qualidade. A meta para este ano é elevar as exportações em 15%.
Com 750 expositores, a Hospitalar 2003 tem a expectativa de receber em quatro dias de evento 70 mil pessoas e superar em 5% o volume de negócios do ano passado, que foi de R$ 2,7 bilhões.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta