HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Clique aqui

Humberto Costa promete incentivar exportação

Publicidade

Um dos compromissos do Ministério da Saúde para os quatros anos de governo Lula é dimunuir o déficit na balança comercial da área de saúde, que hoje ultrapassa a casa dos US$ 4 bilhões. Incentivar o crescimento da indústria brasileira de produtos hospitalares e reestruturar a política de financiamento foram algumas das promessas feitas pelo Ministro da Saúde, Humberto Costa, hoje na abertura da Hospitalar 2003, que será realizada até sexta-feira no Expo Center Norte, em São Paulo. Entre os órgãos envolvidos no projeto, Costa destaca, além do próprio Ministério da Saúde, o Ministério da Ciência e Tecnologia e o BNDES (Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e social). “Precisamos criar condições para que a iniciativa privada cumpra o seu papel de pesquisar e desenvolver tecnologias que poderão proporcionar ao Brasil se tornar competitivo no mercado internacional”.
Segundo o presidente da Abimo (Associação Brasileira da Indústria Médica e Odontológica),Djalma Rodrigues, também presente no evento, o fatururamento do setor cresceu 57% entre os anos de 99 e 2002 e a expectativa é de ter números positivos nesse ano. Além disso, o déficit da balança comercial entre os associados caiu 18% em relação a 2003, graças aos programas de exportação e ao movimento da indústria brasileira a caminho da certificação e busca pela qualidade. A meta para este ano é elevar as exportações em 15%.
Com 750 expositores, a Hospitalar 2003 tem a expectativa de receber em quatro dias de evento 70 mil pessoas e superar em 5% o volume de negócios do ano passado, que foi de R$ 2,7 bilhões.

       
Publicidade

Deixe uma resposta