HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Hospital SOS Mãos realiza mais uma cirurgia com células-tronco

Publicidade

Foi realizada esta semana em Recife, mais uma cirurgia com uso de retiradas da medula óssea do próprio paciente. A técnica inovadora que teve bom resultado com dois outros pacientes no nordeste, será empregada no Hospital SOS Mãos. O procedimento foi utilizado num paciente que fraturou o braço esquerdo e ficou com o nervo radial, responsável pelos movimentos dos dedos da mão comprometido. Teve também lesão no plexo braquial (pescoço), com perda do movimento do ombro, cotovelo e mão esquerda. O especialista Rui Ferreira, informou que o objetivo da cirurgia é restabelecer as funções dos nervos afetados.
Os procedimentos com células-tronco realizados no SOS Mãos, já vêm despertando interesse de especialistas de todo o país. O serviço de ortopedia da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, por exemplo, sugeriu a realização de um convênio com o Hospital, para que a técnica também seja difundida na região. Para beneficiar pacientes de baixa renda a intenção é disponibilizar futuramente o método para o Hospital das Clínicas e Universidade Federal de Pernambuco.

       
Publicidade

Deixe uma resposta

Hospital SOS Mãos realiza mais uma cirurgia com células-tronco

Publicidade

Foi realizada esta semana em Recife, mais uma cirurgia com uso de retiradas da medula óssea do próprio paciente. A técnica inovadora que teve bom resultado com dois outros pacientes no nordeste, será empregada no Hospital SOS Mãos. O procedimento foi utilizado num paciente que fraturou o braço esquerdo e ficou com o nervo radial, responsável pelos movimentos dos dedos da mão comprometido. Teve também lesão no plexo braquial (pescoço), com perda do movimento do ombro, cotovelo e mão esquerda. O especialista Rui Ferreira, informou que o objetivo da cirurgia é restabelecer as funções dos nervos afetados.
Os procedimentos com células-tronco realizados no SOS Mãos, já vêm despertando interesse de especialistas de todo o país. O serviço de ortopedia da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, por exemplo, sugeriu a realização de um convênio com o Hospital, para que a técnica também seja difundida na região. Para beneficiar pacientes de baixa renda a intenção é disponibilizar futuramente o método para o Hospital das Clínicas e Universidade Federal de Pernambuco.

       
Publicidade

Deixe uma resposta