Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospital Municipal Infantil Menino Jesus implanta programa Família Participante

Publicidade

O Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, de São Paulo, assinou hoje um termo de cooperação com a Fundação Abrinq e o Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba (PR), para o desenvolvimento do programa Família Participante na instituição paulistana. Trata-se de um projeto para incluir mães ou parentes próximos no tratamento de crianças internadas, uma iniciativa de humanização praticada pela gestão do hospital. O Família Participante promove a participação da mãe ou parente por 24 horas durante a internação da criança. O hospital oferece treinamento sobre os procedimentos hospitalares, acomodação, alimentação e higiene, além de ensinar cuidados básicos para a mãe. O resultado é a redução pela metade do tempo médio de permanência da criança nas instalações hospitalares, aumento da eficiência do tratamento com a diminuição do stress do paciente, queda no número de reinternações, diminuição do sofrimento psíquico e da angústia de pais e filhos, dentre outros fatores.
O programa teve início no Hospital Pequeno Príncipe em 1982, com um serviço de psicologia para atender pacientes e familiares. Em 2002, o projeto venceu o Prêmio Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente, e em meados deste ano a fundação decidiu levar a iniciativa para outros hospitais brasileiros. O Hospital Menino Jesus foi escolhido segundo três critérios: instituição pediátrica, momento de desenvolvimento e fortalecimento institucional e prática de humanização anterior.
Na verdade, o Hospital Menino Jesus já possuía desde 1984 um projeto semelhante ao programa Família Participante, em que a mãe podia acompanhar o filho durante o período de internação. Mas não era uma prática sistematizada, como no Hospital Pequeno Príncipe. A parceria com a instituição paranaense visa justamente a aprendizagem e o aperfeiçoamento do programa, através de um intercâmbio de profissionais de ambos os hospitais para melhorias e soluções de problemas mútuos.
Sob o ponto de vista da humanização, tendência no atendimento hospitalar apoiada pelo Ministério da Saúde, o programa Família Participante estende para todos os pacientes infantis um benefício que antes era privilégio das famílias que têm dinheiro para pagar quarto particular.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta