Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospital Márcio Cunha inaugura unidade em Ipatinga

Publicidade

O Hospital Márcio Cunha (HMC), de Ipatinga (MG), ligado à Usiminas, inaugurou uma nova unidade com investimentos da ordem de R$ 50 milhões. Com a expansão, o HMC, que oferece as principais especialidades médicas, amplia seu atendimento em mais 132 leitos, além dos 400 já existentes. A nova unidade vai atender a área de média complexidade incluindo internação hospitalar nas clínicas médica e cirúrgica de adultos, amplia o atendimento ao Usisaúde (plano de saúde da Usiminas) e de outros convênios. Segundo o diretor do HMC, José Carlos de Carvalho Gallinari, foram aplicados R$ 25 milhões na Unidade I para a aquisição de novos equipamentos como tomografia computadorizada, serviço de ressonância magnética, implantação de serviço de hemodinâmica, ampliação do Centro Cirúrgico com unidade de recuperação pós anestésica além de dobrar para 20 o número de leitos da UTI. Também foi implantado um serviço de nutrição e dietética e modernizadas as áreas de lavanderia e central de material de esterilização. ?Estes serviços já estão disponíveis aos usuários do Sistema Usiminas, Usisaúde, Convênios do HMC e clientes particulares?, destaca o diretor. Em torno de 70% do atendimento do hospital é pelo SUS mas os leitos serão reordenados para ampliar o número de apartamentos voltados aos convênios, diz Gallinari. Para dar suporte ao atendimento de Alta Complexidade Cardiovascular, o Márcio Cunha assinou uma parceria técnica com o Incor/Fundação Zerbini.
Já a Unidade II do Hospital Márcio Cunha ocupa um terreno de 54 mil metros quadrados, sendo 7,4 mil metros quadrados de área construída. Conta com 132 leitos, centro cirúrgico com quatro salas de cirurgia e Recuperação Pós-Anestésica (RPA), Hospital Dia, Serviço Auxiliar Diagnóstico e Tratamento (patologia clínica, registros gráficos, diagnósticos por imagem e endoscopia digestiva).
Atualmente, o HMC conta com 400 leitos de internação, distribuídos em seis pavimentos, um pronto-socorro com atendimento 24 horas, centro cirúrgico, centro obstétrico, serviços de apoio ao diagnóstico e tratamento, UTI Adulto e Neonatal/Pediátrica, Centro de Terapia Renal e Substitutiva, Hemoterapia e consultórios médicos. O hospital participa também do Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar (PNHAH), do Ministério da Saúde. O Márcio Cunha conta com 167 médicos em seu corpo clínico, distribuídos em 30 especialidades médicas.
No mês passado a Fundação São Francisco Xavier entregou à Secretaria Municipal de Saúde de Ipatinga a documentação para o credenciamento como Unidade de Assistência em Alta Complexidade Cardiovascular para poder realizar Cirurgias Cardiovascular e Vascular e procedimentos da cardiologia intervencionista. Com este credenciamento, o HMC poderá oferecer também à comunidade estes atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), transformando Ipatinga em uma das poucas cidades do interior de Minas a ter este tipo de atendimento vinculado ao SUS.
O HMC é considerado pelo Ministério da Saúde estratégico no âmbito do SUS e já está credenciado como Centro de Alta Complexidade em Oncologia. Além disso, é considerado pela Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais referência no atendimento de urgência e emergência, de gestantes de alto-risco, de transplantes renais e procedimentos de diálise, na implantação de marca-passo cardíaco, na neurocirurgia e no atendimento em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para adultos. Possui credenciamento do Ministério da Educação para residência médica em cirurgia geral, radiologia, pediatria, ginecologia, clínica médica e obstetrícia.
O Hospital Márcio Cunha, mantido pela Fundação São Francisco Xavier, entidade do Sistema Usiminas, é uma organização de assistência à saúde na região do Leste Mineiro. Fundado em 1965, é referência para uma região de 21 municípios, abrangendo uma população de cerca de 600 mil habitantes .
Considerado um dos mais modernos e bem equipados de Minas Gerais, o Márcio Cunha foi o primeiro hospital do Brasil a receber o certificado de Acreditação Hospitalar ?Acreditado com Excelência em Nível 3?, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), através da auditoria realizada pela Det Norske Veritas ? DNV, em julho de 2003. Neste ano, o instituto concedeu ao HMC a recomendação para a manutenção de sua Acreditação ? a mais alta na escala da ONA.
Para receber a certificação, os auditores checaram quesitos como Liderança e Administração (Direção, Administração, Garantia da Qualidade), Serviços Profissionais e Organização da Assistência (Corpo Clínico, Enfermagem), Serviços de Atenção ao Paciente/Cliente (Internação, Referência e Contra-Referência, Atendimento Ambulatorial, Emergência, Centro Cirúrgico, Anestesiologia, Obstetrícia, Neonatologia, Tratamento Intensivo, Hemoterapia).
Além da Acreditação, o Márcio Cunha assinou um convênio com a Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais para prestar assessoria de gestão hospitalar para o Hospital Municipal e o Hospital Evangélico de Governador Valadares e para a Associação Hospitalar Santa Rosália e o Hospital Municipal Raimundo Gobira, de Teófilo Otoni (MG).
A Usiminas, é ligada a Fundação São Francisco Xavier, é referência médico-hospitalar para mais de 20 municípios e que atende a uma população de cerca de 600 mil pessoas.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta