Semana da Saúde 2017 Semana da Saúde: discuta os principais assuntos de Tecnologia da Informação em 10 Webinars. Reserve seu lugar! Clique aqui

Hospital Esperança de Recife apresenta cirurgia robótica

Publicidade

No próximo dia 13 de outubro (segunda-feira), o Hospital Esperança, na Ilha do Leite, vai fazer cinco cirurgias utilizando um robô. Recife (PR) será a segunda cidade do País a operar com o robô (a primeira foi São Paulo), que vai realizar os seguintes procedimentos: retirada de cisto ovariano com preservação do ovário, retirada de miomas uterinos com preservação do útero, retirada de endometriose pélvica, retirada de aderências e desobstrução das trompas para fertilidade, além de retirada do útero. A robótica faz parte da programação do curso Videolaparoscopia e Videohisteroscopia Ginecológica, que acontece a partir de sábado (11). Segundo o médico ginecologista Dênys Nóbrega, que coordena o curso, o robô interage com o cirurgião e otimiza o tempo do procedimento. Normalmente em uma videocirurgia, além do cirurgião, ficam dois médicos auxiliares participando da operação. No caso de uma videocirurgia robótica, saem os dois médicos auxiliares e entra um braço exercendo as funções. E com um detalhe: obedecendo ao comando de voz do cirurgião.
?Imagine só um profissional ficar horas segurando as pinças cirúrgicas sem cansar os braços. Há casos mais complexos que é preciso ficar até cinco horas na sala de cirurgia. O braço do robô fica 100% firme, não treme nem um pouco?, diz Nóbrega. O uso do sistema robotizado é feito através de um comando de voz que reconhece o timbre da fala do cirurgião gravada previamente em cartão magnético. Dessa forma, o profissional pode aumentar a intensidade de luz, o volume de gás que está sendo insuflado, parar uma gravação, mudar o modo do equipamento de eletrocirurgia, entre outros.
Ao todo, seis comandos podem ser efetuados pelo médico: move in (aproximação da câmera); move back (recuo da câmara); move right (imagem à direita); move left (imagem à esquerda), move up (colocação da imagem em direção anterior); e move down (imagem em direção posterior).
Existem três robôs ?médicos? no País. Os modelos são o Aesop, uma espécie de câmera que foca as imagens endoscópicas e permite um maior controle e precisão durante o ato cirúrgico; o Sócrates, que é geralmente utilizado no treinamento de novos cirurgiões, pois ele repete os mesmos movimentos do professor durante a operação para o aluno em treinamento; e o Zeus, um sistema mais sofisticado com três braços mecânicos que favorece a movimentação das pinças cirúrgicas pelo médico a partir de dois joysticks acompanhados de um monitor com visualização em 3D. Este último é utilizado para realização de telecirurgias ou cirurgias à distância, pois o profissional pode comandar a intervenção mesmo estando em outra cidade ou país.
O Curso
O Hospital Esperança é referência em todo o Nordeste como o maior centro de Laparoscopia Ginecológica e Histeroscopia. As aulas do curso de Videolaparoscopia e Videohisteroscopia Ginecológica acontecerão entre os dias 11 e 16 de outubro, no auditório do Hope-Esperança e serão ministradas pelo renomado cirurgião Francesco Viscomi. Com experiência de doze anos formando endoscopistas ginecológicos em todo o país, Viscomi irá apresentar as técnicas (Videolaparoscopia e Videohisteroscopia) feitas através de três microincisões de um centímetro, sendo uma no umbigo e duas na parte inferior do abdômen da paciente.
Tais métodos cirúrgicos permitem a retirada de cistos, miomas e endometriose com vantagens significativas tanto no campo estético, já que não tem cortes abdominais, como no pós-operatório, pois há menos dor e sangramento, além de rápida recuperação.
O curso acontece anualmente no Esperança e, nessa quarta edição, deverá reunir cerca de 15 ginecologistas. No treinamento, as cirurgias serão transmitidas ao vivo através de um sistema que interliga o centro cirúrgico ao auditório. ?Durante os procedimentos o professor vai estar explicando cada passo. É uma forma de criar uma interação entre ele e os alunos?, enumera Denys Nóbrega.
Serviço:
Quarta edição do Curso de Videolaparoscopia e Videohisteroscopia Ginecológica
Dias: de 11 a 16 de outubro
Local: auditório do Complexo Hospitalar Hope-Esperança, na Ilha do Leite
Hora: 8 às 12h e 14h às 18h
Informações: (81) 3221-4807
HOSPITAL ESPERANÇA ? (81) 3302-2020

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta