Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospital do Câncer comemora 40 anos de pediatria oncológica

Publicidade

Cerca de 7 mil crianças por ano são diagnosticadas com câncer no Brasil. Só no Hospital do Câncer o volume de atendimento por mês é de 800 consultas. Neste mês de novembro, o Departamento de Pediatria do Hospital do Câncer, de São Paulo, completa 40 anos. Para comemorar, o primeiro departamento de oncologia pediátrica do Brasil, está sendiando, entre hoje e sábado, um grande simpósio sobre os principais tumores da infância. O “Encontro sobre Tumores Embrionários na Infância” reúne médicos e residentes de todo País, que discutirão as novidades e avanços na pesquisa, diagnóstico e tratamento dos mais variados tipos de câncer em crianças, como medula, rim, fígado e retina.
A evolução do tratamento e medicamento para a doença nas últimas décadas no Brasil já oferece resultados equiparáveis aos melhores institutos de oncologia do mundo. Os índices de cura são cada vez mais expressivos. No Hospital do Câncer, a média está em 70% – três de cada quatro crianças são curadas e alguns tumores apresentam até 80% de cura. Índice que na década de 60, quando foi fundada a pediatria, girava em torno de apenas 20% de cura.
Entre os diferenciais da pediatria do Hospital do Câncer, de São Paulo, está uma escola com quatro unidades dentro do hospital, um grupo especializado no acompanhamento dos pacientes curados, equipamentos de última geração, um corpo clínico altamente especializado, um tratamento humanizado, uma UTI pediatrica e um grupo de cuidados paliativos, entre outros.
Seu fundador foi o Dr. Alois Bianchi. O médico, que durante dez anos tratou as crianças com câncer no hospital, enfrentou muitas dificuldades, entre elas o baixo índice de cura e a revolta dos pais que por muitas vezes abandonavam as crianças internadas.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta