Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospital das Clínicas inaugura instalações do Laboratório de Dermatologia e Imunodeficiêcia

Publicidade

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) inaugura no dia 2 de abril, às 9h30, as novas instalações e equipamentos do Laboratório de Investigação em Dermatologia e Imunodeficiência (LIM-56). A infra-estrutura do laboratório permite a utilização de técnicas como citometria de fluxo e biologia molecular, em nível de seqüenciamento genético que traz maior eficiência no diagnóstico de doenças dermatológicas, neoplasias de pele e imunodeficiências em geral, entre elas a Aids.
A inauguração integra a programação da Jornada Dermatológica anual do Departamento de Dermatologia da FMUSP, que visa o aprimoramento e atualização dos residentes de dermatologia e especialistas, principalmente os jovens.
O LIM-56 é um dos 62 Laboratórios de Investigação Médica do complexo HC-FMUSP. Ligado ao Departamento de Dermatologia da FMUSP e à Divisão de Clínica Dermatológica do HC, ele deixou as antigas salas do prédio da Faculdade de Medicina, na av. Dr. Arnaldo, 455, e passou a ocupar o 3º andar do prédio 2 do IMT (Instituto de Medicina Tropical), na av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 500. O andar foi totalmente reformado e equipado com apoio da Fapesp, Fundação Faculdade de Medicina (FFM), Superintendência do Hospital das Clínicas e iniciativa privada.
Com a nova infra-estrutura, os pesquisadores do Departamento de Dermatologia conseguirão estudar melhor os mecanismos envolvidos em doenças dermatológicas, entre elas as doenças bolhosas e também aquelas relacionadas ao vírus HTLV. A nova capacitação do Laboratório facilitará, ainda, o diagnóstico e acompanhamento de pacientes com Papiloma Vírus (HPV) e Hepatite C, a partir do uso do Real Time PCR, um dos novos equipamentos adquiridos pelo LIM-56.
O Laboratório de Investigação em Dermatologia e Imunodeficiência é um dos mais bem equipados do País nessa área. Além de essencial à produção científica, ao ensino médico e à formação de especialistas, ele serve de suporte ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Nele, são realizados exames mais especializados, necessários à complementação do diagnóstico e do tratamento de pacientes atendidos no HC. Por ano, são realizados no Laboratório mais de 7 mil exames de fenotipagem de linfócitos, mais de 6 mil quantificações de carga viral do HIV-1 por biologia molecular e cerca de 500 genotipagens de HIV.
Entre as técnicas empregadas rotineiramente no LIM-56 para diagnóstico e investigação de doenças imunológicas, estão as técnicas de cultivo de células (linhagens celulares) e imunoquímica (ELISA, Wester blotting e dosagens de biologia molecular). Estas técnicas são empregadas para melhor atender pacientes oriundos do ambulatório e da enfermaria do Serviço de Dermatologia do HC-FMUSP, além de outros setores do Hospital das Clínicas que delas necessitem.
O grande diferencial do laboratório, no entanto, está no desenvolvimento de tecnologia de ponta, especialmente na área de biologia molecular.

Serviço:
Inauguração do Laboratório de Investigação em
Dermatologia e Imundeficiência (LIM 56) do HC-FMUSP
Data: 02 de abril de 2004, sexta-feira
Local: Hospital das Clínicas
Av. Enéas de Carvalho Aguiar, 500 ? Cerqueira César Prédio 2 do IMT (Instituto de Medicina Tropical) – 3 º andar
Horário: 9h30

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta