Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospital da Filadélfia enfrenta cortes do Medicare

Publicidade

O Neshoba County Hospital, na Filadélfia, nos EUA, precisará demitir funcionários e aumentar os preços aos pacientes para enfrentar um déficit no orçamento, causado por um corte de US$ 200 mil no Medicaid. O governo do Mississipi enfrenta uma lacuna de US$ 90 milhões no orçamento, porque o governo federal impediu o uso de uma fórmula que permitia que o estado recebesse mais recursos federais. No Estado, 747 mil pessoas são cobertas pelo Medicaid.
Para cada US$ 1 que o Mississipi investe no programa, o governo federal põe US$ 3.
Isso significa que um corte de US$ 90 milhões no financiamento do Estado causaria uma perda de aproximadamente $270 milhões do Medicaid.
No novo plano, os hospitais pagariam coletivamente US$ 45 milhões e outros US$ 45 milhões viriam do Estado.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta