Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospital Bandeirantes instala terminal de auto-atendimento

Publicidade

Facilitar o acesso do paciente e do médico às informações do hospital é o principal objetivo do projeto HB Digital, do Hospital Bandeirantes, localizado no bairro da Liberdade, em São Paulo. A iniciativa que prevê o uso da tecnologia para difundir informações úteis da instituição agora conta com um novo recurso: o terminal de auto-atendimento. “Instalamos um equipamento semelhante ao das agências bancárias no saguão do hospital e por meio dessa máquina os pacientes podem consultar lista de médicos por especialidade, preparo de exames, dicas de saúde, entre outras informações”, conta Dr. Marcelo Medeiros, diretor-executivo do Hospital Bandeirantes. De acordo com ele, uma das grandes vantagens da solução é permitir ao cliente conhecer melhor o hospital, aumentando a confiança na instituição. “O paciente se sente mais seguro quando tem mais informações sobre o local em que será tratado”, aponta Medeiros. Por isso, faz parte dos planos da organização possibilitar o acesso ao nome, especialidade e foto de todos os médicos. “Em breve o usuário também poderá acessar o resultado de exames pelo terminal”, revela.
Os médicos cadastrados no hospital também podem utilizar a solução para consultar, por exemplo, o apartamento no qual está internado seu paciente. “Isso evita que os profissionais enfrentem filas na recepção para obter informações”, comenta. Além disso, o terminal permite aos funcionários da instituição o acesso a intranet. “É possível realizar operações como solicitar férias ao departamento de recursos humanos, pedir esclarecimentos sobre pagamentos e tirar dúvidas com a equipe de informática utilizando o equipamento”, afirma.
Outro destaque do terminal de auto-atendimento é a conexão à internet. Com isso, funcionários, pacientes e acompanhantes podem navegar e até pagar contas. O executivo conta que o equipamento ainda permite enviar mensagens para pacientes internados. “As mensagens são direcionadas ao setor de internação, no qual os textos são impressos e encaminhados ao paciente”, explica.
Entre os benefícios proporcionados pela inovação, o executivo cita a redução das filas nos balcões de atendimento. Medeiros conta que no horário de visitas da UTI, por exemplo, há uma grande concentração de pessoas que dirigem-se ao balcão para aguardar a liberação, uma vez que só é permitida a entrada de duas visitas simultâneas nessa unidade. “Com o novo sistema os outros visitantes não precisam enfrentar longas filas”, comemora.
Confiante no sucesso da solução, o Hospital Bandeirantes já adquiriu mais dois terminais que serão instalados no setor de hemodinâmica e na unidade ambulatorial da instituição localizada no bairro da Aclimação, em São Paulo. “Investimos, aproximadamente, R$ 50 mil, incluindo a compra das três máquinas e o software”, revela Medeiros.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta