Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospitais reclamam da demora na autorização dos planos

Publicidade

Hospitais do estado de São Paulo estão insatisfeitos com o tempo que os planos de saúde levam para autorizar o tratamento de seus clientes. A demora na liberação de procedimentos é o problema mais frequente na relação entre planos e estabelecimentos de saúde para 51% dos hospitais paulistas. O percentual consta de uma pesquisa divulgada na quinta-feira (11) pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Sindhosp) e a Federação dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Fehoesp). O levantamento feito pelo Vox Populi consultou 49 hospitais, 105 clínicas e 40 laboratórios.

De acordo com o coordenador do departamento de Saúde Suplementar do Sindhosp, Danilo Bernik, a pesquisa revela problemas entre planos de saúde e prestadores de serviço. Esses conflitos são antigos, segundo ele, e comprometem a qualidade do atendimento aos pacientes. “O usuário está sendo prejudicado”, afirmou Bernik sobre a demora nas autorizações. “O cliente pagou pelo atendimento, tem o direito, mas fica esperando.”

Outro problema apontado na pesquisa é a transferência de pacientes de hospitais credenciados para hospitais que pertencem aos planos de saúde durante o tratamento. Segundo a pesquisa, 54,9% dos hospitais afirmam que essa prática existe. Bernik disse que as transferências, muitas vezes, são feitas sem o consentimento do usuário. “O cliente comprou o plano, vai ao hospital e depois é transferido.”

Arlindo Almeida, presidente da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge), que representa os planos de saúde, reconheceu a existência de problemas. Durante o evento de apresentação da pesquisa, ele disse que os planos também têm diversas queixas sobre a prestação de serviços dos hospitais.

Já o gerente de relações com prestadores de serviços da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) defendeu que os planos, hospitais e a agência mantenham um diálogo constante para a solução desses problemas.

Leia mais:

Pesquisa aponta operadoras que mais glosam no País

Você tem Twitter? Então, siga  http://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor.

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta