Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospitais filantrópicos do RS melhoram processos

Publicidade

Dentro do programa “Melhoria da Gestão”, as Santas Casas e os Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul implementarão a metodologia de gestão de processos Kaizen, utilizada pela indústria automobilística.

Em um mês, 50 hospitais já foram beneficiados e apresentaram resultados significativos de redução de custo e tempo nos processos hospitalares.

O Hospital da Caridade São Vicente de Paulo, de Cruz Alta, por exemplo, reduziu o tempo médio de liberação de leitos para novos pacientes de 90 para 30 minutos.

No Hospital São José, de Giruá, o processo de fechar a nota fiscal do atendimento realizado e enviar para o faturamento e cobrança no SUS passou de quatro dias, em média, para um dia e meio.

O Hospital São Patrício, de Itaqui, reduziu a liberação dos pacientes após a alta de 110 minutos para, em média, 25 minutos.

O Rio Grande do Sul conta com uma rede de 239 hospitais filantrópicos. A idéia do programa de melhoria de gestão é aplicar a metodologia Kaizen em todos eles.

De acordo com os dados levantados para a elaboração do programa “Melhoria de Gestão”, para cada R$ 100,00 de custos que os hospitais têm para assistir um paciente do SUS, o sistema remunera, em média, R$ 55,00. Por isso, há um déficit de 81,8% entre custo e receita.

A meta do programa é aumentar a qualidade e produtividade das instituições hospitalares, para fortalecer o desenvolvimento financeiro e a gestão.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta