HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Quero! Agora!

Hospitais do RJ participam de estudo inédito

Publicidade

Hospitais do Rio de Janeiro participam de estudo internacional sobre Delirium, uma doença cognitiva mal diagnosticada e que leva ao óbito

Onze UTIs de hospitais do Rio de Janeiro participaram de Estudo Multicêntrico de Delirium na América Latina. Entre eles, constam o INCA – Instituto Nacional do Câncer, IPEC-Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Casa de Saúde São José, Copa D´Or, Hospital Quinta D´or e Hospital de Clínicas de Niterói.

Os resultados da pesquisa que selecionou 102 Unidades de Terapia Intensiva da América Latina, uma da Espanha e uma dos Estados Unidos e avaliou 497 pacientes serão apresentados durante palestra do médico intensivista Dr. Jorge Salluh, no XIII Congresso de Terapia Intensiva do Estado do Rio de Janeiro.

O estudo revela que pacientes com Delirium têm risco de morte três vezes maior. Dos pacientes avaliados, 32% apresentaram a doença. Outro dado revelador é que o uso de benzodiazepínicos, em especial em infusão contínua e prolongada, está associado a maior frequência de Delirium e à disfunção cognitiva de longo prazo. Para o médico intensivista, “a humanização das UTIs e as boas práticas de sedação reduzem a incidência de Delirium, tempo de internação e a mortalidade e morbidade.”

Serviço:

Data: 30 de julho de 2010 (sexta-feira)

Palestra: “Analgesia e Sedação” – 9h30 às 9h50

Simpósio: “Delirium em Sepse” – 13 horas às 14h30

Local: Hotel Sofitel – Copacabana – RJ

       
Publicidade

Deixe uma resposta