Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospitais do RJ participam de estudo inédito

Publicidade

Hospitais do Rio de Janeiro participam de estudo internacional sobre Delirium, uma doença cognitiva mal diagnosticada e que leva ao óbito

Onze UTIs de hospitais do Rio de Janeiro participaram de Estudo Multicêntrico de Delirium na América Latina. Entre eles, constam o INCA – Instituto Nacional do Câncer, IPEC-Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Casa de Saúde São José, Copa D´Or, Hospital Quinta D´or e Hospital de Clínicas de Niterói.

Os resultados da pesquisa que selecionou 102 Unidades de Terapia Intensiva da América Latina, uma da Espanha e uma dos Estados Unidos e avaliou 497 pacientes serão apresentados durante palestra do médico intensivista Dr. Jorge Salluh, no XIII Congresso de Terapia Intensiva do Estado do Rio de Janeiro.

O estudo revela que pacientes com Delirium têm risco de morte três vezes maior. Dos pacientes avaliados, 32% apresentaram a doença. Outro dado revelador é que o uso de benzodiazepínicos, em especial em infusão contínua e prolongada, está associado a maior frequência de Delirium e à disfunção cognitiva de longo prazo. Para o médico intensivista, “a humanização das UTIs e as boas práticas de sedação reduzem a incidência de Delirium, tempo de internação e a mortalidade e morbidade.”

Serviço:

Data: 30 de julho de 2010 (sexta-feira)

Palestra: “Analgesia e Sedação” – 9h30 às 9h50

Simpósio: “Delirium em Sepse” – 13 horas às 14h30

Local: Hotel Sofitel – Copacabana – RJ

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta