Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospitais do Rio começam a ser abastecidos ainda hoje

Publicidade

O diretor do Departamento de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, Arthur Chioro, disse que o ministério começará ainda hoje a abastecer as unidades hospitalares do Rio de Janeiro que foram incluídas na administração de emergência, depois que o governo federal decretou estado de calamidade pública no sistema de saúde da cidade. Ele anunciou que será feita contratação emergencial de profissionais médicos e enfermeiros. Segundo informa a Agência Brasil, Chioro reconheceu que a reestruturação do sistema de saúde da cidade do Rio de Janeiro não se dará imediatamente. “Isso não vai ser feito da noite para o dia. Nós vamos fazer todo o esforço para que a rede de urgência funcione e que os hospitais de retaguarda possam atender, internar fazer cirurgias em pacientes que vão para pronto-socorros e depois precisam de uma retaguarda hospitalar mais complexa”, disse o diretor em entrevista ao Programa Manhã Nacional da Rádio Nacional do Rio de Janeiro.
Para ele, com a decretação do estado de calamidade pública na rede hospitalar do Rio de Janeiro, a Gestão Plena de Saúde da prefeitura fica transferida para a Secretaria estadual de Saúde. Ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde requisita serviços, servidores e bens de seis unidades hospitalares, classificadas por ele como importantíssimas para que possam ser reestruturadas, garantindo atendimento de urgência à população. As unidades são os hospitais da Lagoa, de Ipanema, do Andaraí, Cardoso Fontes, que foram municipalizados, além do Souza Aguiar e Miguel Couto, que pertencem à prefeitura.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta