Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospitais discutem inovações em tecnologia da informação

Publicidade

A aplicação de tecnologia de ponta no setor médico-hospitalar foi o tema do painel Inovações Tecnológicas, realizado na 2ª edição do Saúde Business Fórum, evento promovido pela IT Mídia. Durante o encontro, foram apresentadas as soluções de prontuário eletrônico do Hospital Sírio Libanês, o PACS e sistema de dispensação em dose unitária da rede D?Or e a ferramenta de consulta a distância do Programa Saúde da Família. Enio Salu, CIO do Sírio Libanês destacou as funcionalidades do portal de informações do paciente. Segundo ele, a solução consolida os dados do cliente, fornecendo o histórico, permitido o acesso a laudo, imagens, entre outros. ?Definimos filtros para restringir o acesso a determinadas informações de acordo com o perfil do profissional?, explica Salu, comentando que a instituição investe 2% de faturamento em tecnologia da informação.
O dispensário em dose unitária e o PACS foram as ferramentas destacadas pelo Dr. José Roberto Guersola, diretor do Barra D?Or. Segundo o executivo, a implementação do dispensário acarretou em economia de R$ 120 mil mensais no Barra D?Or. ?Tivemos enorme redução das perdas com o sistema de dispensação unitária realizado a cada duas horas, pois isso evita, por exemplo, a preparação de medicamentos para pacientes que já receberam alta?, explica.
Outra ferramenta implementada com sucesso pela instituição foi o PACS. ?Nosso objetivo com a adoção do sistema era aprimorar a qualidade e os resultados tem sido muito satisfatórios?, aponta Guersola. Além da agilidade, uma vez que o médico pode consultar as imagens logo após a finalização do exame, a solução permitiu reduzir a quantidade de filmes. ?Só o que economizamos com filme já pagou nosso investimento?, acredita.
A implementação de tecnologia na área pública também foi abordada durante o painel. Segundo Dr. Raul Cutait, do Instituto de Desenvolvimento da Saúde, foi adotado um sistema no Programa Saúde da Família por meio do qual quando algum médico da equipe tem dúvidas pode consultar um especialista de um centro de referência seja pelo telefone ou pela Internet. ?Essa informação passa por um servidor, por isso conseguimos detectar quais as principais dúvidas?, conta. Na opinião de Cutait, entre as vantagens da ferramenta é possível citar a redução do desgaste e do custo para o usuário que teria de buscar outra opinião e a criação de uma banco de dados único que apresente as dúvidas da equipe do Programa Saúde da Família.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta

Hospitais discutem inovações em tecnologia da informação

Publicidade

A aplicação de tecnologia de ponta no setor médico-hospitalar foi o tema do painel Inovações Tecnológicas, realizado na 2ª edição do Saúde Business Fórum, evento promovido pela IT Mídia. Durante o encontro, foram apresentadas as soluções de prontuário eletrônico do Hospital Sírio Libanês, o PACS e sistema de dispensação em dose unitária da rede D?Or e a ferramenta de consulta a distância do Programa Saúde da Família. Enio Salu, CIO do Sírio Libanês destacou as funcionalidades do portal de informações do paciente. Segundo ele, a solução consolida os dados do cliente, fornecendo o histórico, permitido o acesso a laudo, imagens, entre outros. ?Definimos filtros para restringir o acesso a determinadas informações de acordo com o perfil do profissional?, explica Salu, comentando que a instituição investe 2% de faturamento em tecnologia da informação.
O dispensário em dose unitária e o PACS foram as ferramentas destacadas pelo Dr. José Roberto Guersola, diretor do Barra D?Or. Segundo o executivo, a implementação do dispensário acarretou em economia de R$ 120 mil mensais no Barra D?Or. ?Tivemos enorme redução das perdas com o sistema de dispensação unitária realizado a cada duas horas, pois isso evita, por exemplo, a preparação de medicamentos para pacientes que já receberam alta?, explica.
Outra ferramenta implementada com sucesso pela instituição foi o PACS. ?Nosso objetivo com a adoção do sistema era aprimorar a qualidade e os resultados tem sido muito satisfatórios?, aponta Guersola. Além da agilidade, uma vez que o médico pode consultar as imagens logo após a finalização do exame, a solução permitiu reduzir a quantidade de filmes. ?Só o que economizamos com filme já pagou nosso investimento?, acredita.
A implementação de tecnologia na área pública também foi abordada durante o painel. Segundo Dr. Raul Cutait, do Instituto de Desenvolvimento da Saúde, foi adotado um sistema no Programa Saúde da Família por meio do qual quando algum médico da equipe tem dúvidas pode consultar um especialista de um centro de referência seja pelo telefone ou pela Internet. ?Essa informação passa por um servidor, por isso conseguimos detectar quais as principais dúvidas?, conta. Na opinião de Cutait, entre as vantagens da ferramenta é possível citar a redução do desgaste e do custo para o usuário que teria de buscar outra opinião e a criação de uma banco de dados único que apresente as dúvidas da equipe do Programa Saúde da Família.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta

Hospitais discutem inovações em tecnologia da informação

Publicidade

A aplicação de tecnologia de ponta no setor médico-hospitalar foi o tema do painel Inovações Tecnológicas, realizado na 2ª edição do Saúde Business Fórum, evento promovido pela IT Mídia. Durante o encontro, foram apresentadas as soluções de prontuário eletrônico do Hospital Sírio Libanês, o PACS e sistema de dispensação em dose unitária da rede D?Or e a ferramenta de consulta a distância do Programa Saúde da Família. Enio Salu, CIO do Sírio Libanês destacou as funcionalidades do portal de informações do paciente. Segundo ele, a solução consolida os dados do cliente, fornecendo o histórico, permitido o acesso a laudo, imagens, entre outros. ?Definimos filtros para restringir o acesso a determinadas informações de acordo com o perfil do profissional?, explica Salu, comentando que a instituição investe 2% de faturamento em tecnologia da informação.
O dispensário em dose unitária e o PACS foram as ferramentas destacadas pelo Dr. José Roberto Guersola, diretor do Barra D?Or. Segundo o executivo, a implementação do dispensário acarretou em economia de R$ 120 mil mensais no Barra D?Or. ?Tivemos enorme redução das perdas com o sistema de dispensação unitária realizado a cada duas horas, pois isso evita, por exemplo, a preparação de medicamentos para pacientes que já receberam alta?, explica.
Outra ferramenta implementada com sucesso pela instituição foi o PACS. ?Nosso objetivo com a adoção do sistema era aprimorar a qualidade e os resultados tem sido muito satisfatórios?, aponta Guersola. Além da agilidade, uma vez que o médico pode consultar as imagens logo após a finalização do exame, a solução permitiu reduzir a quantidade de filmes. ?Só o que economizamos com filme já pagou nosso investimento?, acredita.
A implementação de tecnologia na área pública também foi abordada durante o painel. Segundo Dr. Raul Cutait, do Instituto de Desenvolvimento da Saúde, foi adotado um sistema no Programa Saúde da Família por meio do qual quando algum médico da equipe tem dúvidas pode consultar um especialista de um centro de referência seja pelo telefone ou pela Internet. ?Essa informação passa por um servidor, por isso conseguimos detectar quais as principais dúvidas?, conta. Na opinião de Cutait, entre as vantagens da ferramenta é possível citar a redução do desgaste e do custo para o usuário que teria de buscar outra opinião e a criação de uma banco de dados único que apresente as dúvidas da equipe do Programa Saúde da Família.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta