Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

HNSG segue 4 processos de humanização na UTI Neonatal

Publicidade

O setor da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica Neonatal do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), de Curitiba (PR), tem investido fortemente na  humanização do atendimento aos pacientes. Novos protocolos estão sendo seguidos pelos profissionais da instituição. “Com base em literaturas e referências de outras maternidades, produzimos materiais ideais e as rotinas apropriadas para melhor cuidar dos nossos bebês”, explica, em comunicado, a enfermeira da UTI Neonatal do HNSG, Elisiane de Lima Sturião.  

e receba os destaques em sua caixa de e-mail.   

Na UTI, o bebê é cuidado por várias pessoas e não somente por sua mãe. De acordo com a enfermeira, o bebê precisa sentir que pertence à sua mãe e ela restabelecer o vínculo com o filho. “Foi a partir dessa necessidade que procuramos humanizar ainda mais a assistência prestada aos bebês, utilizando alguns materiais que lembrem o útero materno”, conta.

Logo que um bebê prematuro nasce é levado à UTI, onde encontra um ambiente totalmente diferente do útero materno. “No útero da mãe o bebê tinha condições ideais de repouso e sono profundo, que contribuem para o desenvolvimento cerebral do feto”. Por isso, o Serviço busca proporcionar um ambiente aconchegante, mesmo fora da barriga da mãe. “Tentamos reproduzir um ambiente apropriado para transmitir proteção e segurança, resultando em uma recuperação mais rápida”, salienta.

Quatro recursos são utilizados para melhor atender os bebês: 

  • Ninho – almofada especial fabricada pelo serviço de costura do HNSG, que fornece limite e suporte para o corpo do bebê, estimulando-o a lembrar da fase intrauterina;
  • Soninho – tecido escuro, que cobre as incubadoras em alguns períodos, promovendo o sono profundo e o descanso no ciclo noite/dia;
  • Toquinha – colocada no bebê para auxiliar na manutenção de sua temperatura.
  • Paninho – coloca-se na mão do bebê um paninho, na hora do banho, para ele se sentir mais protegido.

    Segundo a Elisiane todas as novidades no atendimento foram planejados para prestar assistência especializada, humanizada e, acima de tudo, cuidar melhor ainda dos bebês.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta