Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

HNSG adota novas pulseiras de identificação

Publicidade

O Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) implantou, neste ano, três novas pulseiras de alerta. Entre as novidades está a pulseira amarela – utilizada em paciente com infecção por microrganismos multirresistentes, para evitar a possibilidade de transmissão pelo contato; a verde – utilizada em paciente com riscos de acidente vascular cerebral (AVC), infarto agudo do miocárdio e dor torácica (IAM) ou infecção generalizada (Sepse); e a azul – utilizada em pacientes alérgicos a medicamentos ou látex.

e receba os destaques em sua caixa de e-mail.   

De acordo com a gerente de risco do HNSG, Célia S. Valeixo, a principal finalidade do uso das pulseiras é ajustar as medidas de segurança aos pacientes e garantir que o procedimento seja realizado corretamente. “São descritos os cuidados que aquele paciente deve ter em cada protocolo ou rotina de atendimento”, disse a gerente de riscos.

Para os pacientes em protocolo de prevenção de queda, portador de microrganismos multirresistentes e alergia, além das pulseiras, são emitidos alertas especiais no prontuário eletrônico.

Pulseiras

As pulseiras funcionam como alerta a todos os profissionais que atuam no atendimento ao paciente, para prevenção de danos. Veja o que cada um significa:

Pulseira branca: utilizada para identificação de todos os pacientes quando realizam a internação no HNSG;
-Pulseira amarela: utilizada para alerta de paciente em precaução por microrganismos multirresistentes e que sejam transmitidos através do contato.

Pulseira verde: utilizada para alerta de paciente em protocolos de AVC (Acidente Vascular Cerebral), IAM (Infarto Agudo do Miocárdio / Dor Torácica) e Sepse (conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzido por uma infecção, conhecido como infecção generalizada). Cada Protocolo tem tempo crítico e que define a prioridade e sucesso do atendimento ao paciente, para coleta, realização de exames e início de antibioticoterapia.

-Pulseira azul: utilizada para alerta em pacientes alérgicos à medicamentos ou látex. Indica a necessidade de substituição de medicação ou de luvas isentas de látex. Alerta ao profissional para que confirme qual o medicamento que o paciente tem alergia e de maneira alguma este seja administrado.

-Pulseira vermelha: utilizada para alerta de paciente em protocolo de prevenção de queda, principalmente na realização de exames em que há a necessidade de remoção do paciente. E pessoas com risco para queda que tenham déficit físico, neurológico, visual ou idoso.

-Pulseiras azul claro e rosa claro: utilizada na identificação de recém-nascidos e mães, para prevenir troca e rapto infantil. O kit mamãe e bebê são compostos pelas pulseiras da mãe e do bebê e clamp do cordão umbilical e possuem uma mesma numeração e código.

 
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.

 

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta