✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Grupo São Francisco investe R$ 3,5 milhões em app

Publicidade

A tecnologia como apoio à saúde: o Grupo São Francisco criou o app BIO, ferramenta que realiza o monitoramento da saúde dos participantes 24h por dia. Foram investidos R$ 3,5 milhões no app, que já reduziu em 32% o número de internações dos pacientes cadastrados. Com a atualização constante da rotina terapêutica dos pacientes, é possível direcionar um paciente para a emergência quando há uma descompensação do quadro, por exemplo.

Utilizado pela operadora do Grupo, a São Francisco Saúde, desde o seu lançamento, há cerca de dois anos, o aplicativo já permitiu a redução de 32% do número de internações e 23% nas consultas ambulatoriais. Com cerca de 60 mil beneficiários cadastrados, o BIO ainda permitiu a diminuição de 25% do número de usuários de pronto-socorro. Os resultados demonstram que a medicina preventiva, somada ao acompanhamento dos beneficiários, reflete em melhor aproveitamento dos benefícios do plano de saúde pelos usuários.

Segundo Carlos Braga, gerente médico de Saúde Preventiva do Grupo São Francisco, diante do cenário atual da saúde, em que a expectativa de vida cresce gradativamente e tratamentos, quando realizados corretamente, são mais efetivos, é preciso investir em ações que impactem no controle de saúde da população. “O app BIO, nesse contexto, torna-se uma ação de medicina preventiva, que permite aos beneficiários o acompanhamento médico em tempo integral”, complementa Carlos.

Sob a perspectiva corporativa, o aplicativo também trouxe melhores resultados. Para cada R$ 1,00 investido, houve R$ 5,37 de redução de sinistralidade. Além disso, o aplicativo tem permitido uma avaliação mais completa da saúde dos beneficiários, o que possibilita a realização de ações de prevenção mais efetivas.

“Acreditamos que o apoio à inovação em saúde seja um ponto importantíssimo para a viabilidade financeira do setor. É a tecnologia a favor da qualidade de vida”, afirma Braga, que ressalta “vale destacar que o BIO ainda permite o empoderamento do usuário no cuidado da própria saúde”.

O aplicativo, que já recebeu cerca de R$ 3,5 milhões em investimentos desde o início do seu desenvolvimento, terá melhorias nos próximos meses. “Estamos trabalhando para aperfeiçoar o aplicativo tornando-o cada vez mais intuitivo, fácil de manusear e melhor para os beneficiários”, reforça Carlos. Para esse ano, a meta é alcançar 75.000 beneficiários cadastrados.

       
Publicidade

Deixe uma resposta