🚀 HIS 17 Última chance: Mais de 5.000 inscritos! E você? Já emitiu sua credencial gratuita Clique aqui

Grupo Hermes Pardini – Líder no Brasil no Apoio Laboratorial

Publicidade

Mais de 5 mil laboratórios atendidos em mais de 1.800  municípios e uma logística própria e inovadora que possibilita um serviço extremamente eficiente. Assim o Grupo Hermes Pardini, terceiro maior em Medicina Diagnóstica do Brasil, lidera o segmento business to business na prestação de serviços de Apoio Laboratorial (Lab to Lab), com a realização de exames de alta complexidade para diversos laboratórios em todo o país. Essa área de atuação, lançada em 1997, impulsionou o crescimento da companhia, sendo responsável por mais de 50% da receita em 2016, quando foram executados 55,2 milhões de exames e um crescimento de 32,4% em volume com relação a 2015. O Apoio segue em expansão em 2017, com a realização de 15,2 milhões de exames no 1° trimestre, o que representa o crescimento de 26,3% se comparado ao mesmo período em 2016, e cerca de 16,4 milhões de exames no 2° trimestre, chegando a um salto de 19,5% em comparação a 2016.

“O que agrega valor ao Apoio Laboratorial, o colocando na posição de liderança no mercado, é a relação ‘agilidade do atendimento e alta confiabilidade dos resultados’, aliados também a uma eficiência operacional e a qualidade no atendimento. Nossa proposta também é centrada em uma plataforma de tecnologia da informação totalmente integrada com os nossos consumidores, o que permite o rastreamento dos exames e uma maior segurança”, explica o Dr. Roberto Santoro, diretor presidente do Grupo Hermes Pardini.

O Apoio Laboratorial é sustentado por uma estrutura cuidadosamente elaborada. Diariamente, mais de 91 mil quilômetros são percorridos, em 290 rotas, para a coleta de material em mais de 5 mil laboratórios localizados em 1.871 municípios. “Em menos de 24 horas, 90% das amostras coletadas chegam ao nosso Núcleo Técnico Operacional (NTO), em Vespasiano/MG. No total, seriam 2,3 voltas ao mundo/dia”, detalha o vice-presidente comercial e marketing do Grupo Hermes Pardini, Alessandro Ferreira.

Exemplo de como essa logística funciona é a estrutura montada para a coleta na cidade de Oriximiná, município do Estado do Pará, pertencente a Mesorregião do Baixo Amazonas. O material coletado em quatro laboratórios da cidade, dentre eles o Hospital Porto Trombetas, saí diariamente de barco de Oriximiná para Santarém, acondicionado conforme a regulamentação exige. “O material de Oriximiná parte todos os dias às 20h e na manhã do dia seguinte já está em Santarém onde é consolidado e despachado de avião para o Núcleo Técnico Operacional em Vespasiano/MG. Essa logística tem menos de 36 horas e só é possível graças à estrutura criada pelo Hermes Pardini desde a ponta: da coleta ao transporte até ao destino final, em Vespasiano. Temos bases de consolidação em mais de 100 municípios escolhidos como pontos estratégicos para cada região e todo processo é calculado de forma que as amostras cheguem ao destino no horário preciso, mantendo o material preservado e íntegro”, explica Fernando Felipe, gerente executivo nacional de mercado do Grupo Hermes Pardini.

Aliado à logística, prazo e qualidade dos resultados dos exames, o serviço de Apoio Laboratorial também oferece uma estrutura de suporte aos parceiros, para que eles aprimorem os serviços prestados. Uma equipe do Hermes Pardini está disponível, por região, para auxiliar nos processos e procedimentos. “Na grande maioria, os laboratórios são de pequeno e médio porte. Por isso, além de toda a estrutura de coleta e realização de exames, oferecemos aos parceiros o suporte de gestão, produção e atendimento, visando garantir a qualidade dos serviços e a perpetuação desses laboratórios. Em resumo, oferecemos todo o conhecimento e know how que acumulamos ao longo dos anos, e que certamente irá gerar ganhos e benefícios a eles”, explica Alessandro Ferreira.

Alessandro diz que outro ganho para o Apoio é o custo e benefício. O Hermes Pardini foi o primeiro no país a implantar o conceito de automação laboratorial total, aumentando a segurança e a confiabilidade no processo, gerando eficiência de custo e reduzindo o tempo de entrega do resultado ao cliente final (PSC) e para o Apoio. “Esse sistema permite produzir em alta escala e com um custo menor do que se o exame fosse processado por um laboratório de pequeno ou médio porte. Ou seja, os parceiros ganham em custo, volume produção e qualidade”, afirma.  Ele destaca, ainda, que uma das áreas do Hermes Pardini que está na prioridade de investimentos é a de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), o que possibilita a internalização de exames e a redução de custos. O departamento de P&D recebeu o investimento de mais de R$ 2 milhões nos últimos anos.

Apoio em números:

  • 1871 municípios;
  • 104 Pontos de Apoio Logísticos;
  • 106 Km/dia percorridos;
  • 290 rotas;
  • 2,3 Voltas ao mundo/dia;
  • 82% das cargas chegam ao NTO (Vespasiano/MG) até as 05 h horas da manhã;
  • Tempo médio de transporte do Ponto de Apoio (final da rota) até o NTO Vespasiano/MG é de 18:30;
  • Em menos de 14 horas, 90% das amostras coletadas chegam ao NTO em Vespasiano/MG;
  • 212 Carros;
  • 78 Motos.

 

 

 

 

 

 

 

       
Publicidade

Deixe uma resposta