Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Greve: Servidores decidem hoje se aceitam proposta do governo

Publicidade

O prazo concedido pelo governo federal aos servidores da seguridade social e do INSS para aceitar ou rejeitar a proposta de reajuste salarial encerra-se hoje (19/07). De acordo com a proposta, cerca de R$ 140 milhões serão destinados ao reajuste dos cerca de 70 mil servidores do INSS a partir de janeiro de 2006 e para os servidores da saúde, trabalho e previdência, o governo propõe o pagamento de um passivo trabalhista reivindicado desde 1987, que prevê o pagamento de 47,11%, um percentual concedido a outras categorias naquele ano. A proposta é pagar o passivo para os 221 mil servidores da seguridade social em doze parcelas, sendo duas por ano. A primeira no percentual de 3% terá início em março de 2006; a segunda, de 6,42%, será paga em dezembro. A partir de 2007 serão duas parcelas a serem pagas sempre em março e dezembro de cada ano, nos percentuais fixos de 3,77%.
A proposta foi apresentada pelo governo à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social e à Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta