Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Greve paralisa hospitais no Rio

Publicidade

Nove hospitais do Rio de Janeiro decidiram, em assembléia realizada ontem, aderir à greve dos servidores da rede estadual de saúde. A paralisação, por tempo indeterminado, atinge os hospitais Getúlio Vargas, Carlos Chagas, Albert Schweitzer, Rocha Faria, Pedro II, São Sebastião, Santa Maria, Azevedo Lima e Adão Pereira Nunes. Apenas os casos de emergência serão atendidos. Os Postos de Atendimento Médico (PAM) de Bangu e Irajá aderem à greve na próxima segunda (6). O Hospital dos Servidores do Estado realiza assembléia hoje para decidir sobre a paralisação.
O Hospital Geral de Bonsucesso (HGB) e Hospital Cardoso Fontes decidiram não entrar em greve.
Os grevistas reinvidicam a suspensão dos contratos com as cooperativas, convocação de concurso público, pagamento dos prestadores de serviço, Plano de Carreira e melhores condições de trabalho.
Leia Mais:
Servidores do Ministério da Saúde entram em greve

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta