Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo registra melhora nas taxas de cura da tuberculose e da hanseníase

Publicidade

O Ministério da Saúde certificou esta semana 15 municípios brasileiros ppo terem alcançado a meta de curar adequadamente 85% de todos os casos de tuberculose diagnosticados em 2003, conforme recomenda a Organização Mundial de saúde (OMS). No Brasil, o percentual de cura é de 73%. Os municípios são Ipiaú, Vitória da Conquista e Jequié (BA); Linhares, Serra, Aracruzes, Colatina e São Matues (ES); Itanhaém, Jacareí e Registro (SP); além de Oriximiná (PA), Limoeiro (PE), Itapipoca (CE) e Ribeirão das Neves (MG). A entrega do certificado ocorreu durante a abertura oficial da 4ª Mostra Nacional de Experiências Bem-sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças, com as presenças do ministro da Saúde, Humberto Costa, e do secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, entre outras autoridades.
Além disso, três estados e 12 municípios brasileiros foram certificados pela qualidade dos serviços prestados aos portadores de hanseníase, o que elevou a taxa de cura dos pacientes e reduziu o índice de pessoas com incapacidades adquiridas por causa da doença.
As secretarias estaduais certificadas são as do Amazonas, do Rio Grande do Sul e do Espírito Santo. Os municípios são Pajeú do Piauí e Parnaíba (PI); Paragominas e Garrafão do Norte (PA); Barreira e Sobral (CE); Vitória da Conquista e Vereda (BA); além de Jerônimo Monteiro (ES), São Bernardo (MA), Centralina (MG) e Florianópolis (SC).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta

Governo registra melhora nas taxas de cura da tuberculose e da hanseníase

Publicidade

O Ministério da Saúde certificou esta semana 15 municípios brasileiros ppo terem alcançado a meta de curar adequadamente 85% de todos os casos de tuberculose diagnosticados em 2003, conforme recomenda a Organização Mundial de saúde (OMS). No Brasil, o percentual de cura é de 73%. Os municípios são Ipiaú, Vitória da Conquista e Jequié (BA); Linhares, Serra, Aracruzes, Colatina e São Matues (ES); Itanhaém, Jacareí e Registro (SP); além de Oriximiná (PA), Limoeiro (PE), Itapipoca (CE) e Ribeirão das Neves (MG). A entrega do certificado ocorreu durante a abertura oficial da 4ª Mostra Nacional de Experiências Bem-sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças, com as presenças do ministro da Saúde, Humberto Costa, e do secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, entre outras autoridades.
Além disso, três estados e 12 municípios brasileiros foram certificados pela qualidade dos serviços prestados aos portadores de hanseníase, o que elevou a taxa de cura dos pacientes e reduziu o índice de pessoas com incapacidades adquiridas por causa da doença.
As secretarias estaduais certificadas são as do Amazonas, do Rio Grande do Sul e do Espírito Santo. Os municípios são Pajeú do Piauí e Parnaíba (PI); Paragominas e Garrafão do Norte (PA); Barreira e Sobral (CE); Vitória da Conquista e Vereda (BA); além de Jerônimo Monteiro (ES), São Bernardo (MA), Centralina (MG) e Florianópolis (SC).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta