Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo quer reduzir mortes por doenças crônicas não transmissíveis

Publicidade

Reduzir em 2% ao ano o número de mortes de brasileiros com menos de 70 anos de idade por doenças crônicas não transmissíveis. Essa é uma das metas do plano nacional contra essas doenças, que será valerá para o período 2012-2022.
Elaborado pelo Ministério da Saúde em parceria com entidades da sociedade civil, a população poderá opinar sobre o plano a partir desta segunda-feira (25). O material está disponível na página do ministério na internet.
As doenças crônicas não transmissíveis foram responsáveis por 67,3% das mortes no Brasil em 2007, lideradas pelas doenças cardiovasculares (29,4%) e pelo câncer (15,1%).
Em todo o mundo, estima-se que 63% das pessoas morreram vítimas de doenças crônicas não transmissíveis em 2008, sendo 30% com menos de 60 anos de idade. Obesidade, tabagismo e sedentarismo são alguns dos fatores de risco que elevam as chances de uma pessoa desenvolver uma doença crônica não transmissível, como o diabetes.
A proposta do governo prevê diminuir a taxa de obesidade entre crianças e adolescentes e o consumo de álcool e de cigarro pela população adulta. Prevê ainda a oferta de tratamento às mulheres com câncer. O governo propõe, por exemplo, aumentar impostos que incidem em produtos derivados do tabaco e do álcool como forma de reduzir o consumo.
Outra iniciativa, voltada ao estímulo de hábitos mais saudáveis pela população, é reduzir os impostos sobre frutas e hortaliças.
Após receber as opiniões da sociedade, o plano será debatido em um grande fórum, marcado para os dias 18 e 19 de agosto, em Brasília.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta