Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo Federal desembolsa R$140 mi em indenizações

Publicidade

Brasília – Ex-internos de hospitais colônia de hanseníase irão receber pensão especial vitalícia de R$ 884, segundo informações da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Entre dezembro de 2007 e junho deste ano, a Comissão Interministerial de Avaliação, coordenada pela secretaria, aprovou 4.943 requerimentos de pessoas internadas e confinados nessas instituições compulsoriamente pelo Estado até 1986.
A pensão foi instituída por meio de uma medida provisória assinada em 2007 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O valor do pagamento é de R$ 140,5 milhões, referentes aos mais de 4 mil requerimentos.
A comissão analisa agora 4.712 processos de pessoas com menos de 60 anos que podem ter direito ao benefício. Já foram analisados até hoje 10,3 mil requerimentos, dos quais 645 foram indeferidos.
A estimativa inicial da comissão era que existissem no país de 3 mil a 4 mil pessoas nessa situação. O dado se baseia no número de ex-internos que continuavam nas antigas colônias e não incluía aqueles que viviam em outras localidades.
Desde a década de 20 até dezembro de 1986, as pessoas com hanseníase eram obrigadas pelo Estado a se isolar ou se internar em hospitais colônia, para evitar o contato com o restante da sociedade.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta