Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo dos EUA incentiva uso de TI na saúde

Publicidade

Cerca de 200 mil médicos norte-americanos enviam prescrições para farmácias por meios eletrônicos. A “e-prescrição” recebeu R$ 46 bilhões em incentivos do governo para que a transição digital de registros fosse acelerada.
 
O número de profissionais de saúde que aderiram a essa prática multiplicou-se nos últimos anos. Em 2008, eles chegavam a 74 mil, totalizando 156 mil em 2009, segundo dados da rede de prescrição eletrônica SureScripts.
Segundo a empresa, 47 dos 50 estados americanos mais que dobraram o uso da “e-prescrição” no ano passado. Em Massachusetts, 57% dos médicos adotaram o sistema e prescrevem eletronicamente uma em cada três receitas.
Incentivo político
O presidente Barack Obama vê a Tecnologia da Informação como um aliado importante no plano de cortar custos do sistema de saúde dos Estados Unidos.
Em 2009, o Congresso americano autorizou um financiamento para promover os registros eletrônicos de saúde, como parte do pacote de estímulo econômico. Os incentivos serão pagos até 2015 e os fornecedores enfrentarão sanções caso não adotem a nova tecnologia.
Dessa forma, muitos médicos devem mudar definitivamente para as prescrições eletrônicas, a fim de evitar erros médicos causados pela má caligrafia e por interações medicamentosas prejudiciais.
*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo
Você tem Twitter? Então, siga https://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta