Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo credencia novas UTIs

Publicidade

O governo federal pretende sanar o problema do déficit de unidades de terapia intensiva (UTI) no País até o final do ano que vem. Segundo o ministro da Saúde, Humberto Costa, até a metade de 2004, o déficit do número de leitos de UTI apresentará uma redução significativa. O Ministério da Saúde vai credenciar 2.233 leitos de UTI no primeiro semestre de 2004. Para custeio dos novos leitos, serão aplicados R$ 51,31 milhões, em 2003, e R$ 105,72 milhões, em 2004. Com esse aporte, o número de leitos no Sistema Único de Saúde (SUS) subirá de 14.036 para 16.269, representando uma redução do déficit no sistema público de 3.662 para 1.418, informa a Agência Brasil. ?Estamos credenciando todos os leitos de UTI para os quais havia pedidos no ministério. A segunda etapa, agora, é procurar em Estados e regiões onde o déficit permanece, construir novos leitos, equipá-los e credenciá-los?, afirma o ministro, que participou na capital paulista da cerimônia de adesão do município e do Estado de São Paulo à Gestão Plena de Saúde. Com a integração no atendimento em todos os hospitais públicos de São Paulo, os recursos destinados ao Estado e ao município terão um incremento de R$ 137 milhões por ano. Costa também assinou portaria que cadastra 306 leitos de UTI em 30 hospitais do Estado. Para custeio desse atendimento, o governo federal repassará mensalmente R$ 1,04 milhão.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta