Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo considera aumentar o repasse da CPMF para a saúde

Publicidade

Aumentar a parcela da contribuição provisória sobre movimentação financeira (CPMF) para a saúde pode ser uma das alternativas do governo para aprovar a prorrogação do tributo até 2011.
Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o governo considera repassar 100% do imposto para o setor. A medida foi reconsiderada em razão dos senadores da oposição sinalizarem que aprovariam a prorrogação da CPMF com o aumento do repasse da saúde. Hoje, da alíquota de 0,38% da CPMF, 0,20% vai para o setor.
A proposta foi discutida nesta terça-feira, 11, entre os ministros da Fazenda, Guido Mantega; da Saúde, José Gomes Temporão; das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro e o governador de Rondônia, Ivo Cassol.
Oposição
O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM) declarou que a bancada não recebeu nenhuma proposta formal e que a bancada se mantém contra a aprovação da emenda.
Ontem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu-se com o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), para discutir a prorrogação da CPMF e propôs a abertura de um canal de diálogo com a oposição para negociar a aprovação do imposto. Os 14 senadores do Democratas já declararam estar alinhados para votar contra a emenda.
A votação da prorrogação da CPMF está prevista para acontecer nesta quarta-feira, 12.  

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta