Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo avalia sistema integrado para atender cidades de fronteira

Publicidade

Desenvolver um plano de atenção integrado, que atenda as necessidades de saúde comuns entre os moradores das fronteiras dos países do Mercosul é o objetivo da proposta do Governo, que estuda a criação de um sistema integrado de saúde para atender as cidades de fronteira com Argentina, Uruguai e Paraguai. Segundo informações da Agência Brasil, durante a abertura do Seminário de Integração das Ações de Saúde nas Fronteiras Físicas do Bloco, o ministro da saúde, Humberto Costa, lembrou que já existem políticas comuns de combate ao tabagismo, à AIDS, de vigilância epidemiológica e de distribuição de medicamentos. O evento deve reunir até quarta-feira, em Porto Alegre, os ministros da Saúde do Mercosul e dos países associados (Bolívia, Chile e Peru), para discutir a implantação dos Serviços Integrados de Saúde (SIS-Mercosul).
Eles também irão avaliar os avanços nas primeiras ações conjuntas desde o último encontro, ocorrido em junho, em Buenos Aires, na Argentina. Na ocasião, os países do bloco econômico regional comprometeram-se a agilizar a consolidação do SIS-Mercosul. O sistema visa criar uma rede articulada de serviços e racionalizar o uso da infra-estrutura instalada para facilitar o acesso da população fronteiriça.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta