Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Governo admite falta de transparência em transplantes

Publicidade

O Governo admitiu hoje, em audiência na comissão externa da Câmara que investiga denúncias de interferência política em lista de transplantes, que há falhas no sistema de transplantes de medula óssea do Instituto Nacional do Câncer. Ele negou, no entanto, que haja pressão política para interferir na lista de espera, informa a Agência Câmara.
O diretor do Departamento de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, Ademar Chioro, admitiu que falta transparência no acesso à lista de transplantes de medula porque todas as informações são restritas ao Centro de Transplantes de Medula Óssea (Cemo), do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Já as listas dos pacientes que esperam por outros órgãos estão acessíveis ao Ministério da Saúde, aos Estados, aos hospitais e aos próprios pacientes.
Segundo o diretor, o planejamento dos transplantes de medula fica prejudicado pela falta de informações. Nos demais casos, há um bom planejamento, baseado em dados sobre os pacientes, os doadores e as necessidades de investimento.
Chioro anunciou que o Governo vai disponibilizar a lista de espera na Internet e destinar recursos para que pacientes possam fazer transplantes de medula óssea no exterior. Segundo o diretor, o número de transplantes de medula óssea no País cresceu 161% entre 1998 e 2003.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta