Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Gestão: Operadoras de saúde poderão ter certificação de qualidade

Publicidade

De CuritibaDe acordo com Luiz Plínio Moraes de Toledo, presidente do Conselho de Administração da ONA (Organização Nacional de Acreditação), as operadoras de saúde também poderão em breve ter nível de qualidade quanto aos serviços, como hoje acontece com os hospitais. ?É importante frisar, que toda busca pela qualificação é voluntária e não obrigatória. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não irá impor que as operadoras tenham a certificação, mas sim que possam buscar este reconhecimento até mesmo como maneira de reafirmar a sua sustentabilidade no mercado de saúde?, enfatiza Plínio, que participa hoje, 20, do Workshop ?A qualidade como Fator de Diferenciação dos Serviços de Saúde?, realizado pelo Hospital Vita, em Curitiba, que acaba de receber a acreditaçãoNível 3.
A ONA e a Confederação Nacional de Saúde (CNS) levantaram junto a ANS no segundo semestre de 2006, alguns itens que representassem e qualificassem melhor o serviço de uma operadora. A partir deste momento, a ANS passou a negociar com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) recursos para criar um fundo para viabilizar os processos de acreditação, tanto das operadoras quanto dos hospitais. O valor do investimento ainda não foi divulgado.
Aprovada a verba, a expectativa é que os recursos sejam administrados pela CNS. Plínio acredita que haverá boa aceitação pelas operadoras, visto que a certificação não será uma regulação e sim uma maneira de se medir a qualidade.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta