Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Gestão de energia ajuda a reduzir custos nos hospitais

Publicidade

Os benefícios por gerenciar adequadamente o consumo de energia de um hospital vão muito além de poupar recursos naturais e atender as boas práticas ambientais. A gestão adequada da energia utilizada em uma unidade hospitalar pode trazer impactos diretos no orçamento da instituição de saúde.

O bom gerenciamento energético começa no planejamento de projetos complementares de um hospital. De acordo com o diretor de engenharia da empresa Engenharia Clínica, Lucio Flavio de Magalhães, um dos primeiros passos para o consumo adequado de eletricidade é o dimensionamento de cargas, ou seja, a quantidade de Kilowatts que um equipamento médico consome. “Com o dimensionamento de carga conseguimos mapear o consumo de todos os aparelhos utilizados no hospital e dessa forma mensurar a quantidade de energia que será gasta, reduzindo o índice de desperdício”, afirma o engenheiro.

Outro ponto levantado por Magalhães, que afeta diretamente o orçamento de uma instituição, é o contrato de fornecimento de eletricidade com a operadora de energia. “Caso o planejamento de consumo não seja feito, um hospital pode consumir mais energia do que o previsto pelo contrato e pagar multas bem altas pelo excesso de energia consumida”, completa.

A instalação de geradores movidos a combustíveis fósseis também é uma alternativa para a redução na conta de luz dos hospitais, mas nesse caso devem ser levados em consideração as questões ambientais e de infraestrutura da unidade para abrigar tais equipamentos.

Leia mais na próxima edição da revista Fornecedores Hospitalares, seção De Olho nos Fornecedores.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta