Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Geotecnologia reduz mortalidade por Câncer de Mama

Publicidade

Um projeto avaliado em R$ 540 mil já reduziu em 30% o índice de mortalidade por Câncer de Mama. Com a ideia de controlar a incidência da doença, em 2005 a empresa paraibana de software TecGEO, em parceria com a Imagem, desenvolveu o sistema OngoGis.  
Já implantado nas unidades de Saúde da Família dos municípios de Cuité e Monteiro, o sistema recebeu a primeira parcela do programa, aprovado pelo Instituto Avon, para início da construção de materiais didáticos, equipamentos e infraestrutura do projeto.
A segunda parcela, utilizada na aquisição das imagens de satélite, deu partida no trabalho com a geotecnologia. “Hoje, nós temos 100% das equipes do PSF preparadas e equipadas para atender as mulheres de 40 a 69 anos de idade, nos dois municípios “, explica a responsável pelo projeto na cidade de Cuité, Alana Barreto.
Com o apoio da Secretaria da Saúde, o sistema permite monitorar a incidência de casos de câncer de mama nos municípios a partir do cruzamento dos dados da área de saúde com os dados demográficos de determinada região.
Atualmente, segundo Barreto, em caso de diagnóstico positivo a paciente é encaminhada para assistência hospitalar, em João Pessoa ou Campina Grande, onde receberá um tratamento específico.
Após mudança de gestão, em ambas as cidades assistidas, o trabalho por meio da equipe do PSF foi interrompido. De acordo com a responsável, a cidade de Cuité está retomando a discussão com o Estado e, em breve, deve retomar o serviço.
“Em 2008, nós não tivemos registro de morte pela doença em nenhum dos municípios. É sinal de que o serviço realmente está acontecendo e, por isso, temos de continuar com o sistema”, alerta Barreto.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta