Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Fusão Amil e Medial: o lado positivo e os desafios

Publicidade

A compra milionária da operadora de planos de saúde Medial pela Amil tem provocado inquietação no setor. Embora os hospitais e a concorrência apostem que a aquisição pode afetar o segmento, analistas de corretoras que acompanham a Amil, como a do Santander, por exemplo, veem o lado positivo da ação: o processo de precificação dos planos de saúde comercializados pela Medial.
Por outro lado, a compra também permite que a Amil amplie as chances da empresa de se tornar a grande consolidadora do mercado de saúde. Antes da aquisição, segundo a corretora do Santander, a companhia contava com R$ 1,1 bilhão em caixa.
Já para a Fator Corretora, a aquisição será positiva para a Amil do ponto de vista comercial, enquanto a integração dos processo e as sinergias de outros ativos adquiridos possam ser enfrentados com dificuldade pela companhia.
Outro ponto negativo apontado pela Fator é a alta sinistralidade da Medial, que deverá ser convergida para os níveis da empresa compradora após a reestruturação das operações.
A partir da compra, avaliada em R$ 612 milhões, as ações da ordinárias da Amil subiram 10,41% no mesmo dia da compra (19), enquanto as da Medial avançaram 11,50%.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta