Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Fundação Zerbini passa por auditoria antecipada

Publicidade

A Fundação Zerbini, administradora do Instituto do Coração (Incor) teve a auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) adiantada. O tribunal antecipou a avaliação em razão da crise financeira do Incor, que chega a R$ 250 milhões. A auditoria anual deveria acontecer no início do próximo ano, mas começou em outubro. A auditoria ainda não foi concluída porque a fundação não apresentou documentos importantes do período de 1998 a 2006, como as folhas de pagamento dos funcionários, os valores aplicados nas instituições apoiadas, os protocolos dos convênios financeiros assinados com a Câmara dos Deputados e o Senado, as certidões referentes às obras do bloco 2 do instituto e do Incor de Brasília e o documento sobre a necessidade de novos empréstimos.
Caso as contas não sejam aprovadas, o TCE poderá encaminhar o relatório ao Ministério Público, que pode entrar com uma ação na Justiça.
Entre as saídas para a crise foram apontadas o aumento da proporção de atendimento de pacientes particulares e de operadores de saúde, um novo financiamento do BNDES e verba do governo federal.
O instituto aguarda a aprovação de R$ 17,5 milhões provenientes de um convênio com o Ministéiro da Saúde. No entanto, a liberação de recursos de emendas parlamentares só pode ser efetivada após a análise dos documentos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta