Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Fundação realiza centésima cirurgia coclear gratuita

Publicidade

Médicos da Fundação Otorrinolaringologia vão mostrar hoje, através de circuito fechado, o centésimo implante coclear gratuito que fará com que uma pessoa com 100% de deficiência auditiva, torne a ouvir. A cirurgia acontece no Dia Nacional de Combate e Prevenção à Surdez. O procedimento consiste na implantação de um aparelho no sistema auditivo da pessoa que não ouve absolutamente nada, reabilitando o deficiente e fazendo com que ele tenha contato com o mundo dos sons. O equipamento implantado é o Nucleus 24, é importado pela Politec, representante da Cochlear, empresa australiana fabricante do aparelho.
O implante coclear é uma técnica, ainda sem cobertura por planos de saúde, que vem sendo aplicada em pacientes, através do Sistema Unificado de Saúde (SUS), que não têm possibilidades financeiras em pagar uma cirurgia como esta que chega a custar, no sistema privado de saúde, excetuando o custo do hospital, equipe médica e medicamentos, mais de R$ 50 mil, que é o custo aproximado do aparelho.
O trabalho de reabilitação de deficientes auditivos começou a ser feito pelo SUS a partir do ano 2000, após a regulamentação de uma portaria assinada pelo então Ministro da Saúde, José Serra, em 1999.
O implante coclear vem sendo feito em pacientes que procuram ajuda no ambulatório do Hospital das Clínicas, em São Paulo, no setor de Otorrinolaringologia. Essas pessoas entram numa fila de espera que, hoje, está em torno de 12 meses, depois de já terem passado por uma triagem médica, psicológica, fonoaudiólogica e de assistência social.
O centésimo implante coclear será transmitido ao vivo na manhã do dia 10 de novembro, seguido de uma entrevista coletiva, quando serão esclarecidas dúvidas sobre o esforço conjunto entre a Fundação Otorrinolaringologia, o Hospital das Clínicas e a equipe médica da disciplina de Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da USP.
A transmissão da cirurgia acontece hoje, no Auditório da Otorrino, no Edifício Central, no 6º andar do Complexo da Faculdade de Medicina da USP, no HC. O médico que dirigirá os trabalhos é o Professor Doutor Ricardo Ferreira Bento, presidente da Fundação e titular da Cadeira de Otorrinolaringologia da FMUSP.
Serviço
FORL – Fundação Otorrinolaringologia, tem sede na rua Teodoro Sampaio, 417, cj. 53, telefone: (0XX11) 3068-9855.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta