Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Florianópolis ganha complexo hospitalar privado

Publicidade

O Grupo VITA, o Brasilinvest e a Companhia Província serão os responsáveis pela construção do primeiro complexo hospitalar privado de Florianópolis. Apesar de ser uma das melhores cidades para se viver e fazer negócios, a capital catarinense ainda não contava com este serviço.
Serão investidos cerca de R$ 50 milhões durante a obra, que começa a ser feita em julho de 2004, com a inauguração prevista para janeiro de 2006.
O Hospital VITA Florianópolis será construído no bairro Santa Mônica e terá 132 leitos. A escolha do local se deve ao fato do bairro ser tradicional na área médica e também pelo fácil acesso. Como acontece nas outras unidades da Rede VITA, e que será pioneiro na cidade de Florianópolis, todo tratamento de lixo e esgoto será feito pelo próprio hospital, seguindo todas as diretrizes ambientais existentes.
O terreno do VITA Florianópolis terá, inicialmente, 10,5 mil metros quadrados, com 14 mil metros quadrados de área construída e estacionamento para 240 veículos. A obra seguirá as normas técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e da International Joint Commission on Healthcare Organization, respeitando, também, os fluxos lógicos de atendimento e funcionalidade hospitalar.
O primeiro complexo hospitalar privado de Florianópolis terá uma UTI Geral com 16 leitos e UTI Coronariana com 6 leitos, além de 18 leitos na Unidade de Terapia Semi-Intensiva em sua primeira fase, sendo completado posteriormente por uma Maternidade e um Centro Médico Integrado. O Hospital vai disponibilizar ainda pronto-socorro de emergência 24 horas e serviço de diagnóstico e tratamento; como ressonância magnética, tomografia computadorizada, radiologia geral, ultrassonografia, mamografia, ecocardiografia, endoscopia, radiologia vascular e hemodinâmica.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta