Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Fiocruz divulga utilização de células-tronco contra doença de Chagas

Publicidade

Os pesquisadores Ricardo Ribeiro dos Santos, do Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz (CPqGM), unidade da Fiocruz na Bahia, Gilson Feitosa, presidente da Sociedade Sul-Americana de Cardiologia, e Fábio Vilas-Boas, presidente do Congresso Brasileiro de Insuficiência Cardíaca, apresentaram na semana passada o procedimento de utilização de células-tronco no tratamento cardíaco dos portadores da doença de Chagas. A pesquisa, inédita no mundo, foi desenvolvida no Hospital Santa Izabel, em Salvador (BA), com o acompanhamento de seis meses dos pacientes operados. O trabalho consistiu na injeção de cerca de 270 milhões de células-tronco nas coronárias dos pacientes e foi divulgada durante o 3º Congresso Brasileiro de Insuficiência Cardíaca, no Pestana Bahia Hotel, em Salvador, informa a assessoria de imprensa da Fiocruz.
A pesquisa em células-tronco nos portadores de doença de Chagas foi iniciada pelo grupo experimental liderado por Ricardo Ribeiro dos Santos, que utilizou camundongos portadores da doença. O grupo conseguiu identificar que, à semelhança do coração humano, o dos camundongos chagásicos apresentavam milhares de cicatrizes dispersas. Com a injeção de células-tronco, a inflamação foi reduzida juntamente com o tecido fibroso do coração.
Depois do sucesso com a experiência em animais, foi desenvolvido um projeto de utilização de células-tronco em humanos, com financiamento do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Hospital Santa Isabel da Santa Casa de Misericórdia da Bahia e da Fiocruz.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta