Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Filantrópicos buscam isenção da Taxa de Resíduos Sólidos de Saúde

Publicidade

A Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado de São Paulo – FESEHF, o Sindicatos das Santas Casas de Misericórida e Entidades Filantrópicas do Estado de São Paulo – SINDHOSFIL e os advogados da Advocacia J. R. Nogueira e Associados serão recebidos hoje (14/)7), em audiência pelo Secretário Municipal de Saúde do município de São Paulo, Dr. Gonçalo Vecina Neto para assegurar a isenção da Taxa de Resíduos Sólidos de Serviços de Saúde – TRSS para os hospitais filantrópicos, informa a assessoria de imprensa da FESEHF.
Os filantrópicos estão isentos graças a uma liminar concedida ao Sindicato, mas o objetivo desta audiência é sugerir uma emenda na Lei Municipal assegurando essa isenção.
A TRSS pode variar de R$ 44.30 a R$ 22,567,44 por mês por estabelecimento de saúde. A Santa Casa de São Paulo, por exemplo, com vários hospitais mantidos pela mesma instituição, deixará de pagar até R$ 1,5 milhão por mês.
O município de São Paulo tem cerca de 60 hospitais e entidades filantrópicas, que hoje enfrentam dificuldades e não podem arcar com as despesas da TRSS.
Estarão presentes na audiência os presidentes e representantes da FESEHF, SINDHOSFIL e Advocacia J. R. Nogueira e Associados.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta