Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ferramenta SAIS pode ser alternativa para controlar epidemias

Publicidade

O número de pessoas infectadas pela dengue cresceu cerca de 400% no Sul e no Sudeste em 2010, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde. A maior dificuldade nessas situações é prever uma epidemia como a dengue com antecedência suficiente para o governo poder agir. O método atual utilizado pela maioria dos Estados é o seguinte: assim que o médico diagnostica o paciente, é preenchido um formulário e enviado à Secretaria da Saúde que arquiva o documento. Quando é detectada a epidemia, a população é alertada. O problema é que frequentemente o formulário pode ser perdido ou rasurado.

Englobando um estudo completo da qualidade do acesso à saúde da população na cidade, o SAIS (Sistema Avançado de Informações de Saúde)permite analisar a incidência de doenças em cada região, a formação dos médicos, a distribuição de instituições, clínicas e hospitais pela cidade, entre outras funções. A ALERT Brasil, fornecedora de sistema de informatização de gestão clínica hospitalar, participa de vários projetos de gestão de saúde com o software ALERT® SAIS. O software é responsável pela coleta e organização dos dados clínicos das instituições de cada cidade, como por exemplo, acompanhamento dos planos de saúde, histórico dos pacientes, e muitas outras funções. Além de possibilidades quase nulas de erros de diagnóstico de epidemias, a ferramenta SAIS permite que a detecção seja feita precocemente, facilitando as ações para controlá-las.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta