Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Farmácia Popular atinge comercialização de mais de 600 mil medicamentos

Publicidade

O Programa Farmácia Popular do Brasil, do Ministério da Saúde, atingiu em dois meses de funcionamento, a comercialização de aproximadamento 618 mil medicamentos. A lista inclui mais de 581 mil cartelas de comprimidos, 26.820 frascos, 7.785 bisnagas e 1.988 mil injetáveis.
Segundo informações do ministério, entre os dez medicamentos mais procurados seis são indicados para o tratamento de hipertensão, dois para diabetes e dois para tratar úlceras gástricas. O medicamento mais procurado entre os dias 7 de junho e 7 de agosto foi o Captopril (hipertensão). Nesse período, foram adquiridas 76 mil cartelas. O segundo remédio com maior saída nas farmácias nesses dois meses foi o Ácido Acetilsalicílico (100mg), coadjuvante no tratamento de hipertensão.
No total, o programa oferece 84 medicamentos, que correspondem a cerca de 2 mil apresentações. Esses medicamentos são indicados para as doenças de maior incidência no País. A Fundação Oswaldo Cruz compra os remédios e repassa aos usuários pelo valor de custo. A economia na rede de farmácias populares pode chegar a até 85% em comparação com os preços de mercado.
Já existem 23 farmácias populares em quatro capitais: 16 em São Paulo, cinco em Salvador, uma no Rio de Janeiro e uma em Goiânia. Até o fim do ano, o Ministério da Saúde quer ter inaugurado 100 unidades nas regiões metropolitanas brasileiras.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta