Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Falta de recursos na saúde preocupa Temporão

Publicidade

Na Inglaterra 85% dos gastos totais em saúde são públicos, no Brasil esse percentual é de apenas 37%. Esses dão dados de um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentado pelo Ministro da Saúde, José Gomes Temporão.
A preocupação com o setor tem sido revelada constantemente pelo ministro, que na oportunidade também comentou que no SUS são gastos R$ 640 per capita, em média, enquanto o gasto médio das famílias que têm planos e seguros de saúde é de R$ 1,4 mil. Sendo que, segundo Temporão, mais de 70% da população usa exclusivamente o SUS – responsável por 80% dos transplantes do país.  
Esses dados são consequencias da falta de recursos financeiros para a saúde. Segundo o ministro, essa é uma questão mal resolvida no Brasil que pode se agravar devido ao envelhecimento da população, a redução das taxas de mortalidade e o desenvolvimento de novas tecnologias. Além disso, Temporão acredita numa rejeição à implantação de uma Contribuição Social para a Saúde (CSS).
Evolução do  valor gasto per capita em MC/ANO:









Regiões

Mar/2007

Dez/2008

Variação

 Norte

R$ 67,99

R$ 110,61

+ 62,67%

 Nordeste

R$ 81,92

R$ 124,88

+ 52,44%

 Sudeste

R$ 101,12

R$ 139,51

+ 37,96%

 Sul

R$ 105,32

R$ 150,54

+ 42,94%

 Centro Oeste

R$ 87,19

R$ 134,22

+ 53,94%

 Brasil

R$ 92,70

R$ 134,79

+ 45,40%

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta