HIS17 É hora de mudar a saúde! Faça como seus colegas, participe do HIS. Quero participar da mudança

Falta de anestesistas reduz cirurgias em hospital da Unicamp

Publicidade

A falta de anestesistas causou a redução dos números de cirurgias realizadas pelo Hospital das Clínicas da Universidade de Campinas (Unicamp). Desde dezembro, um déficit de dez profissionais fez com que a administração do hospital decidisse diminuir de 45 para 38 a quantidade média diária de procedimentos feitos pela instituição.

Deixe o seu comentário sobre esta notícia

Tem mais informações sobre o tema? Então, clique

O hospital conta hoje com 24 anestesistas e, de acordo com sua assessoria de imprensa, o número ideal é que dispusesse de 34 especialistas na área.

A escassez de profissionais disponíveis no mercado é a justificativa dada pelo hospital para o déficit e, por consequência, para a redução do número de cirurgias.

Devido à falta de anestesistas, os 114 médicos residentes do setor de cirurgias do hospital estão em greve desde segunda-feira (5). Eles mantêm somente um esquema de revezamento para garantir o atendimento mínimo. Segundo o hospital, a paralisação não está afetando o atendimento dos pacientes.

       
Publicidade

Deixe uma resposta