✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

EXPOSIÇÃO EXCESSIVA AOS RAIOS DO SOL PODE DESENCADEAR PROBLEMAS OCULARES

Publicidade

Uso de óculos escuros deve ser constante

A maior parte das pessoas parece já ter se conscientizado de que é preciso tomar sol com moderação, protegendo a pele com filtro solar. O mesmo cuidado, no entanto, não ocorre quando se trata da visão. “O contato sem proteção dos olhos com os raios do sol pode desencadear ou piorar diversos problemas oculares”, alerta o oftalmologista Renato Braz.

Entre as alterações mais comuns estão: ceratites – inflamações na córnea, formação de pterígio – membrana fibro vascular que cresce sobre a córnea podendo distorcê-la e até mesmo cobrir a visão central, catarata e degeneração macular relacionada à idade – problema retiniano grave e sem cura que acontece usualmente após os 50 anos. “Essas enfermidades, dependendo de cada caso, surgem porque os raios UVB são filtrados pelo cristalino, a lente natural dos olhos, e os UVA pela retina, provocando alterações químicas nessas estruturas, o que em longo prazo pode acarretar tais problemas”, destaca.

Proteção – O uso de óculos escuros adequados é a principal medida a ser adotada por quem deseja resguardar a saúde dos olhos. É fundamental que os óculos tenham proteção eficiente, filtrando totalmente os raios UVA e UVB. “O uso de óculos de má qualidade pode ser mais danoso que a não utilização. Pelo fato de terem lentes escuras, provocam a dilatação das pupilas, enganando os olhos e permitindo maior entrada de radiação UV”, alerta Dr. Renato.

       
Publicidade

Deixe uma resposta