Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Exames de imagem são fundamentais para diagnóstico precoce e acompanhamento do câncer

Publicidade

Considerada uma das doenças do século, o câncer atinge mulheres e homens de qualquer idade. Tanto que a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) para 2008 é de aproximadamente 470 mil novos casos, incluindo todas as regiões brasileiras e tipos de tumores. “No Brasil, infelizmente, o único programa de prevenção utilizando exames de imagem que temos consolidado é o de câncer de mama”, revela o radiologista Marcelo Canuto, do Pasteur Medicina Diagnóstica/DASA.

O Programa Nacional de Controle do Câncer de Mama, do Ministério da Saúde, orienta que mulheres a partir dos 40 anos façam mamografias periódicas uma vez por ano. Segundo Dr. Canuto, a intenção é detectar tumores precocemente, antes mesmo que sejam apalpáveis no auto-exame. “O exame tátil feito pela própria mulher é imprescindível, mas também é necessário acompanhamento de um mastologista ou ginecologista. É essa atenção que permite o diagnóstico em fase precoce e facilita o tratamento, aumentando as chances de cura do câncer”, alerta o médico radiologista.

Os exames de imagem também são indicados em avaliações pré-operatórias e acompanhamentos rádio e quimioterápicos. “Eles permitem que o médico avalie com exatidão se o tumor está respondendo aos medicamentos, assim como possibilitam que o especialista saiba todas as características (como tamanho e localização exata) antes da intervenção cirúrgica ou do início do tratamento”, finaliza Marcelo Canuto.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta