Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Exame proporciona acurácia na detecção do vírus HPV

Publicidade

Um dos principais causadores do câncer de colo de útero o vírus HPV (papillomavirus humano) afeta cerca de 19 a cada 100 mil mulheres no País de acordo com dados do INCA. Mas, segundo especialistas, o rastreamento de mulheres na faixa etária de 25 a 65 anos com o teste de captura híbrida promove uma redução de aproximadamente 80% na taxa de mortalidade.

Realizado por intermédio da coleta das células localizadas na região do colo uterino, o digene HPV teste é capaz de detectar o DNA do vírus mesmo quando ele está inativo no corpo humano – ao contrário do papanicolau, que só aponta lesões ou alterações quando o vírus já está presente. Produzido pela QIAGEN, líder mundial em biologia molecular e testes para HPV, o exame proporciona acurácia de 95% no resultado.

O digene HPV teste é composto por um kit formado por escova cervical cônica de cerdas macias e um tubo contendo 1ml de UCM – solução líquida que conserva as células por até 15 dias. Durante o exame amostras da mucosa vaginal são coletadas com o auxílio da escova e mergulhadas no tubo para posterior averiguação.

Em laboratório o material passa por diversas etapas de análise e, através de software específico, é realizada a verificação da presença do HPV. Certificado pelo FDA (Food and Drug Administration) e pela ANVISA, o exame de captura híbrida é indolor e rápido – todo o processo, da coleta do material à análise, dura em média 3h30 minutos e o laudo é concluído em até 24 horas após a realização do exame.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta