Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Exame da orelhinha gratuito em bebês tornou-se obrigatório em maternidades e hospitais do País

Publicidade

No dia 3 de agosto, foi publicada no Diário Oficial da União a lei que obriga hospitais e maternidades públicos e privados, instalados em todo o território nacional, a realizarem gratuitamente o teste da orelhinha nos bebês nascidos em suas dependências. A lei foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O exame é realizado enquanto o bebê está dormindo, dura cerca de dez minutos e o resultado sai na hora. “Por meio da Emissão Otoacústica Evocada (EOA), popularmente conhecida como ‘Teste da Orelhinha’, é possível detectar precocemente uma possível deficiência auditiva de origem coclear na criança. Por isso, é importante que o exame seja feito logo nos primeiros dias de vida do bebê”, explica Maria do Carmo Branco, fonoaudióloga do Grupo Microsom, uma das mais conceituadas empresas de soluções auditivas do Brasil.

O exame é indolor e não invasivo. O teste consiste na introdução de uma sonda na orelha da criança, que emite sons de baixa intensidade e registra os dados em um computador. “A melhor opção é que o teste seja realizado enquanto o bebê estiver dormindo e, quanto mais cedo for diagnosticado um eventual problema de audição, melhores serão os resultados do tratamento, se este também for iniciado precocemente”, diz a especialista.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta