Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Evento internacional apresenta avanços da audiologia

Publicidade

Os maiores especialistas em Audiologia dos EUA, Canadá, México, Espanha, Argentina, Colômbia e do Brasil estarão presentes ao 19º Encontro Internacional de Audiologia, no período de 29 de abril a 2 de maio, na cidade de Bauru (SP).
O evento apresenta aos profissionais da fonoaudiologia, otorrinolaringologia, pediatria, psicologia, pedagogia e educação especial, o que há de mais avançado em técnicas, diagnósticos e tratamentos para o deficiente auditivo.
Haverá a apresentação de fóruns, simpósios, cursos e mesas redondas com os mais renomados especialistas do País e do exterior, que abordarão: audição em crianças (congênita, hereditária, rubéola materna, otite mal tratada); aparelhos de amplificação sonora(aparelhos para surdez); a relação entre genética e surdez; a reabilitação auditiva; os efeitos da poluição sonora; a perda auditiva com o avanço da idade na terceira idade; os distúrbios emocionais e medicamentos que afetam a audição; as políticas de saúde pública, para normatização em diagnóstico da deficiência auditiva, a serem aplicadas nos setores público e privado (saúde ocupacional, educação, meio ambiente).
Segundo dados da Organização Mundial de Saúde 10% da população mundial apresenta algum problema auditivo. No Brasil estima-se que devam existir mais ou menos 15 milhões de pessoas com algum tipo de perda auditiva, sendo que 350 mil indivíduos são totalmente surdos.
Estão confirmadas as presenças de Barbara Cone-Wesson dos EUA e José Juan Barajas da Espanha, especialistas que apresentam a nova tecnologia em exames eletrofisiológicos da audição (diagnóstico audiológico mais preciso) e aparelhos para deficiência auditiva.
O presidente da Fundação Internacional para Reabilitação do Deficiente Auditivo, Warrem Estabrooks/Canadá, vai abordar os novos tratamentos para o desenvolvimento auditivo e linguagem oral.
O especialista Theodoro Glattke dos EUA mostra os avanços em diagnóstico para bebês, mais conhecido como Emissões Otoacústicas/Teste da Orelhinha. São exames que devem ser realizados nos primeiros dias de vida do bebê. É indolor e é feito com o bebê dormindo. Os fonoaudiólogos lutam para que este exame seja obrigatório e gratuito em todas as maternidades brasileiras.
Paralelamente ao evento será realizada uma feira tecnológica com a exposição dos últimos lançamentos de equipamentos em diagnóstico e aparelhos eletrônicos para audição.
O evento é organizado pela Academia Brasileira de Audiologia/ABA e conta com o apoio do Curso de Fonoaudiologia da FOB/USP, do Hospital Centrinho/USP e Funcraf (Fundação para o Estudo e Tratamento das Deformidade Craniofaciais).
Serviço:
19º Encontro Internacional de Audiologia
Local: Universidade do Sagrado Coração em Bauru.
Informações na ABA pelos fones:(11) 3672-0140 ou 9672-7235 com Lourdes Augusto

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta