Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

EUA: Geron inicia 1º teste de célula-tronco embrionária

Publicidade

Um paciente nos Estados Unidos é o primeiro a receber células-tronco embrionárias, anunciou na última segunda-feira (11) a empresa de biotecnologia Geron. Mas os detalhes do teste clínico são mantidos em sigilo. “O começo do teste clínico GRNOPC1 é uma etapa importante para as terapias humanas baseadas nas células-tronco embrionárias”, afirmou em comunicado Thomas Okarma, presidente da Geron.

e receba os destaques em sua caixa de e-mail. 
  
No Brasil, as pesquisas com células-tronco de embriões humanos foram consideradas constitucionais pelo Supremo Tribunal Federal em 29 de maio de 2008. Por seis votos contra cinco, o Supremo Tribunal Federal (STF) liberou as pesquisas científicas com células-tronco embrionárias sem nenhuma restrição, como previsto na Lei de Biossegurança.
A Geron é detentora da primeira licença do FDA, a agência que regula medicamentos e alimentos nos EUA, para o uso das células no tratamento de pacientes com lesões recentes na medula espinhal. “O paciente foi cadastrado no Shepherd Center, hospital com 132 leitos e centro de pesquisas clínicas sobre reabilitação de lesões cerebrais e da medula espinhal, situado em Atlanta, Geórgia”, disse a Geron em comunicado à imprensa.
A Geron fez todo o trabalho com verba própria, portanto não está sujeita a eventuais limitações ao financiamento federal de pesquisas com células-tronco embrionárias humanas. As células-tronco usadas pela Geron vêm de embriões humanos excedentes de tratamentos de fertilidade. Foram manipuladas para se tornarem precursoras de determinados tipos de células nervosas – elas poderão se converter em células destruídas pela lesão na medula do paciente.
O principal objetivo do teste clínico de fase 1 é avaliar a segurança e a tolerência às células derivadas de células-tronco embrionárias chamadas GRNOPC1 nas pessoas paralisadas depois de uma lesão na medula. Um dos receios entre os pesquisadores é que as células-tronco acabem gerando tumores. Os participantes no estudo devem ter sofrido lesão recentemente e receber as GRNOPC1 em um período de menos de 14 dias, informou a Geron.
A Geron afirmou que o Shepherd Center vai manter em sigilo as informações sobre o pacientes.

*Com informações da Reuters e da France Presse

Você tem Twitter? Então, siga  http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta