Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Estudo correlaciona saneamento e mortalidade infantil

Publicidade

Pesquisadores da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) correlacionaram a falta de saneamento básico aos índices de mortalidade infantil, com base em dados de 44 países da América Latina, fornecidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). O trabalho, que abrangeu uma área com 560 milhões de habitantes, mostrou que a maior parte das doenças registradas em crianças decorre da falta de saneamento, como diarréias, cólera, dengue, hepatite A, leptospirose e esquistossomose.
No Haiti, por exemplo, a taxa de mortalidade infantil é de 80,3 por mil e apenas 26,4% da população tem acesso a serviços de esgoto.
Na América Latina e Caribe, a mortalidade em menores de cinco anos é de 33,1 óbitos por mil, enquanto nos Estados Unidos o índice é de 8,4 por mil.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta