Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Estado de São Paulo registra redução na mortalidade infantil

Publicidade

Melhor nutrição, expansão do saneamento básico e campanhas de vacinação. Esses são os principais fatores que levaram à redução do índice de mortalidade infantil, que desde 1995 tem caído drasticamente no Estado de São Paulo e ficou abaixo de 15 em 2003, transformando-se na menor marca da história. Em comparação a outros anos o balanço da Secretaria de Estado da Saúde é animador. Em 1995 o índice de mortalidade infantil no Estado era 24. Em 2000 passou para 17. Em 2002 foi de 15,04. E a expectativa para os próximos anos é que os índices de mortalidade infantil continuem caindo.
A redução da mortalidade infantil tem acontecido em todas as regiões do Estado. A com melhor índice em 2003 foi Ribeirão Preto, com 10,6. Apenas a área da Baixada Santista registrou mortalidade infantil acima de 20, com 20,4, mas também demonstrando uma queda acentuada – em 1995 o índice era de 33,7.
As outras regiões que estão com os mais baixos índices do Estado são Araraquara, com 11,1, São José do Rio Preto, com 12,8. A região de Osasco é a melhor da Grande São Paulo, com 13,8. A Capital ficou com 14,2. Franco da Rocha é a com maior índice nesta área, com 19,8.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta