Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos apresenta exposição Ramos até 2 de outubro

Publicidade

O Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos apresenta a instalação Ramos, do artista plástico Pazé e com curadoria de Rejane Cintrão. Inspirado pelos cerca de oito mil metros quadrados de jardins projetados por Burle Marx e que cercam todo o Complexo Hospitalar, Pazé busca nas folhagens de dez plantas nativas brasileiras as formas para ocupar e transformar o ambiente, que conta ainda com um painel multicolorido e uma cortina de acrílico.

“Do jardim utilizei as folhas, fonte de captação e transformação de energia. Escolhi plantas nativas brasileiras como o Araçá, o Inhame, a Acariçoba, o Cambará, Pariparoba, Aroeira, Pau-Darco, Jaborandi, e a Guambê”, afirma o artista.

Segundo Rejane, “Pazé propõe uma floresta de formas e cores, trazendo luz e alegria para os visitantes e clientes do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos”, afirma a curadora do Espaço.

Sobre os vidros que circundam os dois andares do Espaço foi criado um painel, como um grande vitral colorido, seguindo uma composição de quadrados e círculos em que a silhueta de folhas recortadas permite a passagem da luz natural e cria um diálogo com o belo jardim em torno do hospital.

Um móbile feito em acrílico transparente colorido compõe a instalação em torno da escadaria que ocupa parte desse espaço com mais algumas centenas de folhas recortadas, que levam o visitante a essa floresta lúdica. Além dos jardins, outra importante referência para o artista neste trabalho são as criações para vitrais do arquiteto americano Frank Lloyd Wright.

Sobre o Espaço Cultural, o superintendente da instituição João Sabino acredita que o projeto que vem sendo desenvolvido no Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos traz a arte com o objetivo de mudar a maneira de ver o mundo e trazer novos sentimentos para aqueles que visitam o local. “Esta é a quarta intervenção que realizamos neste espaço, que já recebeu as obras Luz, de Regina Silveira; Fundo, de Sonia Guggisberg; e Solar, de Sandra Cinto. Cada uma delas trouxe uma maneira diferente de ver e sentir o espaço onde as obras são apresentadas, mudando completamente o local”, completa Sabino.

Sobre o artista – Paulo José Keffer Franco Netto, o Pazé, nasceu na capital paulista em 1962. Formado pela FAAP, começou sua carreira no final dos anos 90. Entre várias exposições individuais, apresentou a instalação “A Coleção”, na Casa Triângulo, em 2009, que lhe rendeu uma crítica na revista Artforum. Entre as principais mostras coletivas, participou de Sujeito-Corpo (SESC-SP, 2010); Panorama da Arte Brasileira (MAM-SP, 2008) e Aquisições Recentes (Pinacoteca de São Paulo, 2008).

Sobre o Espaço Cultural – O Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos foi criado pela instituição em julho de 2010 com o objetivo de promover iniciativas culturais dirigidas a clientes, comunidade e profissionais do hospital. Esta é quarta exposição realizada e ficará aberta ao público, com visitação diária e gratuita, até 2 de outubro de 2011.

Serviço
“Ramos”, de Pazé, com curadoria de Rejane Cintrão
Até 2 de outubro de 2011, diariamente.
Espaço Cultural do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos
Rua Borges Lagoa, 1450, Vila Clementino, São Paulo
Informações: 5080-4000 ou www.hpev.com.br
Entrada livre e gratuita
Facebook: www.facebook.com/Hospital.EV
Twitter: www.twitter.com/Hospital_EV

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta